domingo, 30 de setembro de 2012

Governo Federal entrega Chancela ao BIOPLANET

O Ministério do Esporte realizou nesta quinta-feira (27), em Brasília, a cerimônia de entrega da chancela ao Projeto Bioplanet no Plano de Promoção do Brasil para a Copa do Mundo.

O Bioplanet prevê a produção e uso de 25 milhões de litros de Biodiesel a partir de óleos e gorduras residuais.

O projeto envolverá 10 mil catadores de materiais recicláveis e mobilizará três milhões de estudantes em 40 quarenta Arranjos Produtivos Locais.

A proponente da iniciativa é a empresa santa-rosense Biotechnos Projetos Autossustentáveis, com a parceria da Confederação Nacional da Indústria e outras entidades.

Os gestores do projeto aproveitarão a cerimônia de Chancela do Governo Federal para anunciar que a cidade do Rio de Janeiro será a primeira sede da Copa de 2014 a receber a iniciativa.

Em outubro acontecerá a inauguração da Usina de Biodiesel no bairro Honório Gurgel, Zona Norte da capital carioca, com produção inicial de 50 mil litros de biodiesel por mês.

Santa Maria Video e Cinema abre inscricoes

SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA ABRE INSCRIÇÕES
O Festival de Cinema de Santa Maria - RS abre inscrições para obras de curta-metragem e videoclipes na sua décima primeira edição.

O SMVC ocorrerá de 10 a 15 de dezembro em Santa Maria e os selecionados concorrem nas Mostras Nacional e de Santa Maria e Região. Para estas Mostras serão aceitos curtas finalizados a partir de 1º de janeiro de 2011, com até 25min de duração, não inscritos em edições anteriores, nas categorias Animação, Documentário e Ficção, realizados em quaisquer formatos exigindo-se de cada realizador, cópia em DVD, que será enviada à Coordenação do 11º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA para a avaliação da Comissão de Seleção - Júri de Seleção.

Para a Mostra Nacional de Videoclipes serão aceitos trabalhos finalizados a partir de 1º de janeiro de 2011 realizados em quaisquer formatos exigindo-se de cada realizador, cópia em DVD, que será enviada à Coordenação do 11º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA para a avaliação da Comissão de Seleção - Júri de Seleção.

As inscrições podem ser feitas de 03 de setembro a 09 de outubro através do site www.smvc.org.br e as obras devem ser enviadas para:

11º Santa Maria Vídeo e Cinema
R. Venâncio Aires, 2035 / 701
Santa Maria - RS / 97010-005
Mais informações em: smvc@smvc.com.br
55 9644 3691

Horario eleitoral nao e gratuito, mas muito bem pago

Governo vai pagar, em renúncia fiscal, R$ 600 milhões pelo horário ocupado pelos candidatos nas emissoras de rádio e TV.

As emissoras de rádio e televisão chamam o horário eleitoral de “gratuito”. Grátis pra quem?

O governo (nós) paga o horário para as emissoras com a renúncia de Imposto de Renda. Paga o horário integral ocupado pelos candidatos, como se estivesse fazendo uma propaganda.

A estimativa da Receita Federal, segundo a Agência Congresso, é que o horário eleitoral proporciona um faturamento estimado, para este ano, de R$ 606 milhões para as emissoras.

O Decreto 7.791 de 17/8/12, em seu artigo 1º. define que as emissoras poderão efetuar a compensação fiscal na apuração do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, inclusive na base de cálculo dos recolhimentos mensais previstos pela legislação.

Desde 2002, o governo pagou para as emissoras de TV e rádio R$ 4 bilhões. E eu não li nenhum editorial reclamando do “desperdício de dinheiro público”.

Em alguns casos o horário “gratuito” é, na verdade, um grande negócio para a emissora, pois o governo paga todo o tempo de inserção por dia como se estivesse comprando um espaço publicitário. Ocorre que originalmente aquele espaço não estava totalmente destinado à propaganda, mas também a programação: jornalismo, música, entretenimento, variedades. Assim, o faturamento da rádio ou da TV aumenta.

O Decreto prevê que o pagamento seja de 80% do preço de tabela da emissora, isso porque este é o percentual que fica com a empresa, uma vez que a Agência que veicula a propaganda recebe a comissão de 20%.

Mas um anunciante comum paga bem abaixo do preço de tabela, pois o negócio é fechado após ampla negociação. É comum descontos de 40%, 50% sobre o preço de tabela. Às vezes mais. Uma emissora de TV em São Paulo negociou com uma grande rede de varejo, no ano passado, um contrato anual com desconto de 95%.

No caso do horário eleitoral “gratuito” não há negociação. É tabela cheia.

Grátis pra quem cara pálida?


fonte: O Mundo em Movimento

sábado, 29 de setembro de 2012

Feira do Livro de Santo Angelo vai ate domingo

A Feira do Livro de Santo Ângelo foi aberta nesta quinta-feira, às 8 horas, no Centro Histórico Santo Ângelo Custódio. O evento segue até o próximo domingo (30).

A Patronesse da Feira do Livro é a professora e escritora Nelci Muller.

Neste ano estarão presentes na Feira do Livro os escritores Léia Cassol, Jorge Luis Martins, Walmor Santos, Ricardo Uhry e Alcy Vargas Cheuiche.

Na programação da Feira consta lançamentos e sessões de autógrafos de vários escritores locais, de outras cidades e estados e também apresentações artísticas de teatro, música, dança, coral, orquestra e contação de histórias, além de exposição de telas a óleo.


Domesticas deixam de ser o maior grupo entre as mulheres trabalhadoras

O aquecimento do mercado de trabalho, com queda nas taxas de desemprego, também está provocando mudanças no tipo de ocupação das brasileiras. Com mais ofertas de emprego em atividades variadas e melhores níveis de qualificação, elas vão assumindo, aos poucos, novas funções e, pela primeira vez, o trabalho doméstico deixou de ser a primeira opção para garantir o sustento próprio e da família entre as mulheres no país.

Um levantamento realizado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011, revela que o contingente de faxineiras, babás, cozinheiras e responsáveis por serviços gerais nos domicílios perdeu espaço para outras ocupações.
A pesquisa foi apresentada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na semana passada e demonstrou que as comerciárias assumiram a liderança do ranking das atividades desempenhadas pelas mulheres, empregando 7 milhões de brasileiras (17,6%). Em segundo lugar estão as trabalhadoras em educação, saúde e serviço social.

As empregadas domésticas, que sempre vinham no topo da lista como categoria que mais emprega mulheres no Brasil, apareceram em terceiro lugar. Essa categoria caiu de 6,7 milhões, há três anos, para 6,2 milhões no ano passado, correspondendo a 15,7% do total das trabalhadoras. Em 2009, o percentual de domésticas entre as trabalhadoras era 17%.

A coordenadora dos programas de educação e cultura da SPM, Hildete Pereira, explicou que esse movimento já poderia ter ocorrido na Pnad 2009, principalmente em função da maior qualificação das mulheres e da diversificação do mercado de trabalho. Porém, com a crise financeira internacional em 2008, o comércio se viu obrigado a enxugar as contratações. Ela acredita que a migração para outras atividades representa um ganho importante em termos de condições de trabalho para essas mulheres.

“A sociedade não vê o trabalho doméstico como vê o de uma comerciária, por exemplo. Embora a categoria tenha registrado conquistas importantes, muitas trabalhadoras domésticas ainda sofrem jornadas de trabalho extremamente altas e não têm carteira assinada”, avaliou.

Edição: Luciana Lima

fonte: EBC

Estiagem americana afeta negocios no Brasil

O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e engenheiro agrônomo, Glauber Silveira, foi aos Estados Unidos conferir o tamanho do estrago causado pela maior seca dos últimos 50 anos no país. As perdas na lavoura do grão ficaram em uma média de 20%. Produtores de Missouri, Illinois e Iowa tiveram uma quebra ainda maior.

O 5º Levantamento da Safra Mundial de Soja e Milho 2012/13, divulgado em setembro pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), prevê uma redução de 11,5 milhões de toneladas na produção de soja do país, totalizando 71,7 milhões de toneladas em 2012/13 – cerca de 13% inferior à safra 2011/12.

Com a quebra da safra americana, o Brasil tem a chance de assumir de ser o mundialmente o maior produtor e exportador de soja. Para o Brasil, o USDA prevê uma safra recorde de 81 milhões de toneladas, 21,8% superior à quantidade registrada em 2011/12. O país enviaria ao Exterior pouco mais de 39 milhões de toneladas, uma variação 9,2% superior aos embarques da safra passada.

fonte: RS Negócios

Brasileiros usam 15 bilhoes de sacolas plasticas por ano

No Brasil, estima-se que o uso de sacola plástica seja 41 milhões por dia, 1,25 bilhão por mês e 15 bilhões por ano. Mas os consumidores brasileiros representam apenas uma parte do uso mundial do produto. Dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) indicam que, no mundo, são distribuídas de 500 bilhões a 1 trilhão de sacolas plásticas por ano. Dar uma destinação adequada a essas sacolas e incentivar o uso das chamadas ecobags tem sido prioridade em muitos países.

Na Irlanda, por exemplo, as sacolas plásticas foram vendidas, inicialmente, 0,15 centavos de euro por sacola. Com isso, houve a redução de 94% no consumo individual. Antes de 2002, quando a lei foi instituída, cada consumidor usava 300 sacolas por ano. Agora, o número é de 21 sacolas anuais. Hoje, o preço da sacola é 0,22 centavos de euro. O comércio oferece sacolas retornáveis.

Na Inglaterra, as sete maiores redes atacadistas assinaram acordo voluntário com o governo para reduzir à metade o consumo de sacolas plásticas até 2009. Para atingir a meta, houve investimento em ações de educação e conscientização dos consumidores, além da adoção de programas de fidelidade e campanhas de reciclagem.

Os Estados Unidos e o Canadá não têm leis nacionais regulando o uso de sacolas. Nesses países, cabe a cada estado adotar sua norma. Em Washington, capital norte-americana, há a cobrança de US$ 0,05 para cada sacola plástica ou de papel usada no comércio.

Em Toronto, no Canadá, desde 2009 os comerciantes cobram US$ 0,05 por sacola plástica. O governo local incentiva que o dinheiro arrecadado seja usado na própria comunidade ou em iniciativas ambientais.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: Agência Brasil

Cuba apresenta vacina contra cancer de prostata

A Labiofam, empresa farmacêutica cubana, apresentou na quarta-feira (26) em um congresso em Havana, seus novos produtos contra o câncer, entre os quais uma vacina e um medicamento terapêutico.
De acordo com a empresa, que entre seus produtos estão cerca de 30 vacinas virais e bacterianas, a nova vacina foi testada com sucesso em pacientes com câncer de próstata. Além disso, a Labiofam anunciou o lançamento de um produto anticancerígeno, a base do veneno de um escorpião cubano.

Segundo a Labiofam, a vacina contra o câncer de próstata, batizada de Heber Provac, é capaz de melhorar o estado de 56 pacientes ainda não submetidos à radioterapia ou quimioterapia, em dois hospitais de Cuba.

O medicamento tem como objetivo tratar carcinomas de estágios três e quatro. O laboratório espera que no futuro a vacina substitua os tratamentos tradicionais em todo o mundo.

O outro produto, obtido através do veneno do escorpião azul e comercializado como Vidatox, tem propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e anticancerosa.

Segundo os resultados apresentados pela empresa no congresso, o medicamento melhorou a qualidade de vida de 65 mil pacientes com câncer. "Ao contrário de qualquer outro, o Vidatox atravessa a barreira hemo-encefálica", ressaltou o presidente da Labiofam, José Antonio Fraga Castro.

Da redação, com informações da Ansalatina [via Vermelho]

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Grupo RBS traz palestrante internacional para o MaxiMidia 2012

Camilla Wallander, CEO de uma das mais importantes escolas de comunicação do mundo, a Berghs School of Communication, participará do evento em São Paulo no dia 3 de outubro

Como patrocinador do 22º MaxiMídia – maior evento da indústria de comunicação brasileira –, que ocorre nos dias 2 e 3 de outubro, em São Paulo, o Grupo RBS traz pela primeira vez ao Brasil a palestrante internacional Camilla Wallander, CEO da sueca Berghs School of Communication.

A diretora de uma das mais importantes escolas de comunicação do mundo ministrará a palestra Transformação da comunicação: integrando diferentes disciplinas e soluções inovadoras, no dia 3 de outubro, das 11h às 12h. Na ocasião, Camilla falará sobre os aspectos estratégicos e criativos da comunicação integrada.

– Está no DNA do Grupo RBS gerar conhecimento e promover discussões sobre as tendências da nossa indústria. Aproveitamos o novo formato do MaxiMídia, que é baseado em conteúdo, para trazer ao mercado brasileiro a visão de uma das mais inovadoras escolas de comunicação do mundo – destaca o Diretor-geral de Mercado do Grupo RBS, Felipe Goron.

Antes de assumir a direção geral da Berghs School of Communication, em agosto de 2011, Camilla Wallander foi diretora de marketing da Scandinavian Airlines e da loja de departamentos NK em Estocolmo e Gotemburgo. Esteve no quadro de palestrantes do Festival Cannes Lions 2012 e do Eurobest 2011.

Há mais de 60 anos, a Berghs School of Communication desenvolve, a partir de Estocolmo, na Suécia, um programa de estudos em comunicação que vem atraindo estudantes de diversos países, sendo considerada a melhor escola de comunicação em duas edições seguidas do Festival Cannes Lions.

O MaxiMídia será realizado no Sheraton WTC São Paulo (Avenida das Nações Unidas, 12.559, Itaim Bibi), em São Paulo (SP).


Patrocínio Prêmio MaxiMídia/Grupo RBS

Além da palestra com Camilla Wallander, o Grupo RBS patrocina o Prêmio MaxiMídia/Grupo RBS. Em sua 13º edição, revelou 12 cases que tiveram mais destaque durante o ano. No dia 3 de outubro, em almoço durante o MaxiMídia, será anunciado o ganhador do Grand Prix, que destaca o melhor case entre os participantes. Os vencedores de cada categoria já foram divulgados. Confira:http://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/noticias/2012/09/21/Premio-MaxiMidia-Grupo-RBS-divulga-vencedores.html

Carlinhos Brown vem de caxirola para a Copa

O músico Carlinhos Brown e o ministro do Esporte Aldo Rebelo mostraram ao público na última quinta, 27, a caxirola. O instrumento é o equivalente brasileiro, para a Copa do Mundo de 2014, ao que foi na última Copa, na África do Sul, a barulhenta corneta batizada de vuvuzela. As informações são da Folha de S. Paulo.

Brown explicou que o instrumento é uma variação do caxixi, um chocalho bastante conhecido da capoeira. "Agora começa oficialmente a torcida organizada brasileira. Muitos reclamavam que a vuvuzela era barulhenta, mas ela prenunciava a voz da torcida da África. A caxirola é o ritmo do povo brasileiro", disse o músico.

Serão fabricadas 190 milhões de unidades da caxirola.

fonte: Rolling Stone



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Estrelas do volei mundial em Santo Angelo

Giba, Dante, Bruninho, Lucão e Thiago Alves estão confirmados e jogam em Santo Ângelo e Ijuí

Prefeito Eduardo Loureiro (E) recepcionou os atletas.
Na tarde e noite desta quarta-feira, desembarcaram em Santo Ângelo as delegações das quatro equipes envolvidas no “Desafio Top Four Pró-Vôlei de Campeões”: RJX, do Rio de Janeiro, Vivi/Minas, de Minas Gerais, Canoas, do Rio Grande do Sul e Bolívar, da Argentina.

O time argentino tem horário de desembarque previsto para às 15h30min. O Canoas, às 18h. RJX e Minas têm previsão de chegada às 19h. Todas as delegações ficarão hospedadas no Hotel Maerkli.

Os atletas envolvidos no evento não estarão na Capital das Missões apenas para jogos festivos. “As equipes encaram o Desafio como um preparativo para a disputa da Liga Nacional de Voleibol, e o Bolívar para o Campeonato Argentino. As equipes desembarcam na cidade e já vão para treinamentos em academia e no Ginásio Marcelo Mioso”, salienta Hed Vilson Pires, coordenador de Esportes da Secretaria Municipal de Turismo e Esportes e um dos organizadores do evento em Santo Ângelo.

Na noite de quarta-feira, ainda, os times participarão de um jantar no Salão da Paróquia da Sagrada Família, a partir das 21h. “Será a apresentação das equipes e dos atletas para a comunidade”, complementa.


Em quadra, serão mais de vinte jogadores que estão atualmente ou já tiveram passagens por quatro seleções nacionais - Brasil, Argentina, Cuba e Estados Unidos.
Estarão por aqui grandes nomes do voleibol mundial, como Giba, Dante, Bruninho, Lucão e Thiago Alves (ambos estiveram em Londres com a nossa seleção); Quiroga, Solé, Crer, Gonzalez e Arroyo (disputaram os Jogos Olímpicos com a Seleção Argentina); Donald Suxho (um dos principais jogadores da Seleção dos Estados Unidos); Angel Dennis (por anos destaque da seleção de Cuba); Gustavo Endres, Marcelinho, Lucarelli e Samuel; além dos consagrados treinadores Paulão (campeão olímpico como jogador em 1992) e Javier Weber (atual técnico da Seleção Argentina); entre vários outros nomes.

>> Leia matéria na íntegra aqui

Foto: Fernando Gomes

X Salao de Pesquisa SETREM

X Salão de Pesquisa SETREM inicia na próxima semana
Evento ocorre entre os dias 2 e 8 de outubro

Com o objetivo de promover, estimular e incentivar o desenvolvimento, socialização e publicação das produções científicas dos estudantes, professores e pesquisadores das diversas áreas da SETREM e de outras instituições, inicia na próxima semana o X Salão de Pesquisa SETREM (SAPS).
O evento ocorrerá nos dias 2 a 8 de outubro e englobará a 12ª Mostra Estadual de Trabalhos de Pesquisa da Educação Básica; 14º Salão de Iniciação Científica; 11ª Jornada de Pesquisa e 9ª Feira das Invenções e Inovações Tecnológicas. O evento ainda conta com a primeira edição da Feira do Livro que acontecerá nos dias 3 e 4 de outubro.
A 12ª Mostra Estadual de Pesquisa da Educação Profissional e o III Fórum Técnico-Científico da Rede Sinodal, que integram o X SAPS, ocorreram entre os dias 31 de agosto e 1º de setembro.
Os trabalhos destaque da 12ª Mostra Estadual de Pesquisa da Educação Profissional estarão expostos no formato de banners no dia 4 de outubro no ginásio da SETREM, juntamente com os trabalhos do 14º Salão de Iniciação Científica.
O encerramento das atividades do X Salão de Pesquisa da SETREM acontece no dia 8 de outubro com a entrega das premiações do evento.

Aprovacao ao governo Dilma volta a subir

Os índices de aprovação do governo Dilma Rousseff atingem um novo patamar positivo. Para 62% dos brasileiros, a presidenta tem feito um bom governo. O índice é três pontos percentuais maior do que o registrado na última pesquisa, divulgada em junho deste ano. O levantamento foi apresentado nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o Ibope, em Brasília.

Na pesquisa de junho, a avaliação do segundo ano da presidenta já tinha atingido patamares ainda maiores que seus antecessores, o também petista Luiz Inácio Lula da Silva e o tucano Fernando Henrique Cardoso. Em junho, o governo de Dilma teve 59% de aprovação, contra 29% de Lula, em junho de 2004, e 35% de FHC, em maio de 1996.

A aprovação pessoal da presidenta manteve-se na marca de 77%, mesmo percentual apurado em março e junho deste ano. O índice também superior aos alcançados por FHC (60%) e Lula (54%).


>> Leia a matéria na íntegra aqui

Brasileira leiloa virgindade pela internet

Catarina Migliorini decidiu abrir mão do mito sobre a primeira vez de uma mulher. Aos 20 anos, a brasileira (de Itapema-SC) participa de um projeto intitulado “Virgins Wanted”, onde as moças leiloam a virgindade por uma boa quantia em dinheiro. A gata, até agora, recebeu 13 lances, sendo que o mais alto está avaliado em 155 mil dólares, feito por um americano.

A ação é comandada pelo produtor australiano Justin Sisely, que começou a seleção de garotas há dois anos. O dia a dia de Catarina é filmado e depois será transformado em um documentário, onde o diretor pretende ilustrar o processo desde o início dos leilões até os preparativos para sua primeira noite de sexo. O longa ainda não tem data marcada para lançamento. Os lances do leilão ocorrem até 15 de outubro.

fonte: playboy.abril.com.br

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Pronzato lanca documentario em homenagem a Jorge Amado

Carlos Pronzato lança documentário em homenagem ao centenário de Jorge Amado
Integrando as comemorações do centenário de Jorge Amado, o cineasta Carlos Pronzato lança no próximo dia 3 de outubro (quarta-feira), às 17h, na Fundação Casa de Jorge Amado (Largo do Pelourinho, 51), o documentário “Testemunho de um leitor de Jorge Amado”. A obra, que tem produção da Casa de Cinema da Bahia, conta a história de um leitor colombiano que chega à Bahia para as comemorações do centenário do escritor baiano.

Horacio Sánchez Ramírez, admirador da cultura baiana, pesquisador e leitor anônimo da sua obra na sua Colômbia natal, caminha pelas misteriosas ruas do Pelourinho e através de depoimentos convida o público a uma emotiva viagem pelas personagens imortais do escritor baiano.

Durante o evento haverá ainda o relançamento do livro de contos “Jorge Amado no elevador e outros contos da Bahia”, também de Pronzato, que além de cineasta e escritor é professor de Produção Audiovisual, no curso de Publicidade e Jornalismo na Faculdade da Cidade do Salvador.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Trabalhadores dos Correios entram em greve

Impasse nas negociações da campanha salarial levam mais de 84% dos trabalhadores a iniciarem uma greve nacional por tempo indeterminado

Trabalhadores dos Correios de 23 regiões entraram em greve na noite desta terça-feira (18), após decisão em assembleia da categoria nos Estados, se somando a Minas Gerais e Pará, que já estão em greve há uma semana. Um impasse nas negociações da campanha salarial 2012 levaram mais de 84% dos trabalhadores dos Correios a iniciarem uma greve nacional por tempo indeterminado.

Dos 35 sindicatos da categoria, todos os que realizaram assembleias ontem decretaram greve. Os outros sindicatos estão com assembleias marcadas para os próximos dias 20, 24 e 25 de setembro, podendo antecipar essas datas e deflagrarem greve junto aos demais sindicatos do país.

A categoria reivindica um aumento de 43,7% e R$ 200 linear, ticket de R$ 35, a contratação imediata de 30 mil trabalhadores, o fim das terceirizações, além de outros pontos para garantia de melhores condições de trabalho.

Entre as regiões em greve estão Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Piauí, Vale do Paraíba, Roraima, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Alagoas, Paraná, Amazonas, Sergipe, São Paulo, Paraíba, Santa Catarina, Ceará, Mato Grosso, Tocantins, Goiás, São José do Rio Preto, Espírito Santo, Bauru e Campinas.

Até o dia 25 de setembro, as regiões de Acre, Maranhão, Bahia, Juiz de Fora, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Ribeirão Preto, Santa Maria, Santos e Uberaba também poderão deflagrar greve.

fonte: CUT Brasil

Greve supera 2011, e mais de 5 mil agencias sao fechadas no primeiro dia


Após nove rodadas de negociação, sem acordo, bancários de todo o país entraram em greve por tempo indeterminado na última terça-feira (18). No primeiro dia de paralisação, 5.132 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados foram fechados.

O número já é superior ao primeiro dia de greve do ano passado, quando o atendimento ao público foi interrompido em 4.191 agências. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Carlos Cordeiro, fala da adesão ao movimento.

“São mais de 130 sindicatos, que participam desse processo, com 530 mil bancários em todo o país. E assim como no ano passado, a tendência da greve é a cada dia que passa, a cada dia de silêncio dos bancos e da Fenaban [Federação Nacional dos Bancos], é dessa greve aumentar ainda mais.”

Entre as principais reivindicações do movimento estão o reajuste salarial de 10,25% (com aumento real de 5%). De acordo com os grevistas, a proposta feita pela Fenaban concederia reajuste de apenas 0,58% acima da inflação.

Os bancários ainda exigem maior participação nos lucros e resultados (PLR), mais segurança nas agências, fim das metas abusivas e da rotatividade, além de plano de cargos e salários para toda a categoria. Carlos Cordeiro destaca as contradições nos reajustes concedidos aos diretores.

“Enquanto os bancos estão se recusando a dar aumento aos seus trabalhadores eles estão ampliando a remuneração dos seus executivos. Estão crescendo em 9,7% a remuneração dos seus executivos, então o executivo que no ano passado recebeu R$ 7,4 milhões cada diretor de banco este ano alguns deles já irão receber R$ 8,4 milhões.”


De São Paulo, da Radioagência NP, Daniele Silveira.

Os caminhos da cultura

SANTA ROSA - O Conselho Municipal de Cultura realiza na próxima terça-feira, dia 25, no SESC, apresentação do relatório fruto dos debates que reuniram as setoriais da área cultural.

O ato ocorrerá no auditório do SESC, a partir das 18h15.

Ao lado, o convite extensivo à toda comunidade.

Show de reabertura do Auditorio Araujo Vianna

TVCOM RS transmite show de reabertura do Auditório Araújo Vianna

Evento reunirá nomes da cena musical gaúcha nesta quinta-feira (20), em Porto Alegre

Nesta quinta-feira (20), a TVCOM RS irá transmitir ao vivo, a partir das 18h, a reinauguração do Auditório Araújo Vianna, em Porto Alegre. Para marcar a reabertura do espaço, será apresentado o espetáculo “Todas as Gerações do Araújo Vianna”. O show reunirá figuras da cena musical do RS ligadas ao auditório, dos anos 60 até hoje, e que representam a música popular gaúcha, a vertente pop-rock e o samba de Porto Alegre.

Quase trinta atrações estão confirmadas, entre elas, Hique Gómez, Bebeto Alves e Wander Wildner. Os ingressos para o espetáculo poderão ser retirados gratuitamente na Usina do Gasômetro, no Centro Municipal de Cultura e no Teatro do Bourbon Country, mediante a doação de um livro.


O novo Araújo Vianna

A revitalização do espaço teve início em abril de 2010, com a colocação de tapumes ao redor do espaço e higienização do local. Como resultado, foram instalados novos assentos e o sistema de climatização e acústica foram absolutamente refeitos. Além disso, o auditório ganhou dois bares, camarote, banheiros e acessibilidade. O Araújo Vianna terá capacidade de aproximadamente 3 mil lugares em formato de plateia fixa e cerca de 4,8 mil quando for misto – composto por cadeiras e pista. Entre os setores, plateia baixa (lateral e central) e plateia alta (lateral e central).


Serviço do evento

Local: Auditório Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha s/n°)

Data: quinta-feira (20), às 18h

Ingressos: podem ser retirados gratuitamente mediante a doação de um livro na Usina do Gasômetro (Av. Presidente João Goulart, 551), das 9h às 12h e das 14h às 18h; no Centro Municipal de Cultura (Av. Erico Verissimo, 307), das 10h às 20h30; e no Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80), das 14h às 22h. Na data da apresentação, se disponível, retirada somente na bilheteria do Araújo Vianna, a partir das 13h.

Atrações confirmadas: Antônio Villeroy, Bebeto Alves, Carlinhos Carneiro, Charles Master, Cláudio Heinz e Júlia Barth (Replicantes), Edu K, Elaine Geissler, Gelson Oliveira, Gloria Oliveira, Grupo Bom Partido, Hermes Aquino, Hique Gómez, Júlio Reny, King Jim, Nei Van Soria, Nelson Coelho de Castro, Nico Nicolaiewsky, Pas-de-Deux do Samba, Raul Ellwanger, Renan Ludwig, Tiago Ferraz, Tonho Crocco, Wander Wildner, Wilson Ney, Zé Caradípia e Elisa Furtado.

domingo, 16 de setembro de 2012

Festival de micrometragens abre inscricoes


Até o dia 4 de novembro, estao abertas as inscrições para o Festival Cel. U. Cine. Em sua quinta edição, essa é primeira vez que o festival de micrometragens premiará quatro categorias com tema livre: documentário, ficção, animação e música, além de um prêmio oferecido pela RioFilme. Podem ser inscritos filmes com 30 segundos a três minutos de duração, produzidos em qualquer plataforma digital, até mesmo celulares.

A premiação acontece no dia 12 de dezembro, no Oi Futuro Flamengo no Rio de Janeiro. Durante o festival, irá rolar o Fórum Cel.U.Cine Transmídia, de 22 a 24 de outubro. O fórum promoverá palestras e oficinas de produção de filmes com profissionais das áreas de storytelling e transmídia. Os interessados devem se inscrever pelo site do evento.

>> Saiba mais, acesse o site do evento 


sábado, 15 de setembro de 2012

Vale-cultura para os trabalhadores... agora vai!


Vale-cultura para trabalhadores segue para votação na Câmara Federal

O presidente da Comissão de Educação da Câmara, deputado Newton Lima (PT-SP), encaminhou, ontem (14), ao presidente da Casa, deputado Marco Maia (PT-RS), ofício pedindo a inclusão na Ordem do Dia para votação na Câmara do projeto de lei que institui o Programa de Cultura do Trabalhador e cria o vale-cultura.

O pedido do deputado Newton Lima ocorreu após a nova ministra da Cultura, Marta Suplicy, solicitar durante sua posse na pasta que o Congresso Nacional aprove o projeto o mais rapidamente. De autoria do Poder Executivo, o projeto já foi aprovado pela Câmara, mas como recebeu emendas no Senado retornou à Câmara para nova deliberação.

As emendas do Senado já foram apreciadas pelas comissões técnicas da Câmara e o texto final está pronto para ser incluído na Ordem do Dia para votação dos deputados. Após isto será encaminhado à sanção presidencial.

O projeto institui o Programa de Cultura do Trabalhador, destinado a fornecer aos trabalhadores meios para o exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura. O texto também cria o vale-cultura, de caráter pessoal e intransferível, válido em todo o território nacional, para acesso e fruição de produtos e serviços culturais, no âmbito do Programa de Cultura do Trabalhador.
Com informações da Agência Brasil

Unicef destaca a queda da mortalidade infantil no Brasil

Queda de 73% em mortalidade infantil no Brasil é destaque de relatório da Unicef

Uma queda de 73% na taxa de mortalidade infantil do Brasil em apenas duas décadas foi um dos destaques de um relatório da Unicef divulgado . Segundo o estudo, a taxa brasileira caiu de 58 para 16 por mil nascidos vivos entre 1990 e 2011. Em 2000, o índice era de 36 por mil nascidos vivos – o que faz com que a queda tenha sido de 56% desde então.

Ainda com essa redução drástica, 40 mil crianças morreram antes de completar cinco anos no Brasil no ano passado (contra 205 mil em 1990).

- No Brasil, programas comunitários e estratégias de saúde para a família foram implementados desde a década de 1990 para oferecer cuidados de saúde primários (à população) – explica o relatório. “Isso ajudou a expandir o acesso aos serviços de saúde, reduzir as desigualdades na cobertura e cortar as taxas de mortalidade infantil.”

Segundo a Unicef, outros fatores que ajudaram a reduzir as mortes de crianças no Brasil incluem “melhorias nos serviços de saneamento básico, nos níveis educacionais das mães e nos índices de aleitamento materno e vacinação, além do crescimento na renda das famílias”.

A queda no Brasil foi acompanhada de uma redução menos acentuada nos índices globais no mesmo período. Em 2011, 6,9 milhões de crianças morreram antes de completar cinco anos – um total de 19 mil por dia. Em 1990, foram 12 milhões de mortes.

>> Leia mais aqui no Correio do Brasil.

Sesc renova identidade visual

Transformação e novos horizontes foram os pontos norteadores para a elaboração da logomarca


O Sesc apresentou ao País nesta quinta-feira, 13, a sua nova marca. A mudança é fruto de um estudo, baseado na ampliação e renovação do trabalho da instituição ao longo dos seus 66 anos - completados na data do lançamento - para adequar à demanda de sua clientela. A identidade mantém as cores azul e amarelo, porém, exibe formato modificado, o que torna a imagem mais moderna e dinâmica.

A nova logomarca foi apresentada em um comercial de TV veiculado em rede nacional ontem à noite. O escritório de design Packaging Brands foi o responsável pelo trabalho. Para realização do projeto, a empresa ouviu funcionários em todo o País, traçou um perfil da instituição e identificou pontos marcantes. Dessa forma, surgiram dois pontos norteadores para a elaboração da identidade: transformação e novos horizontes. A nova marca demonstra uma projeção para o futuro, abrindo novos caminhos, mas também o lado acolhedor e de integração da Instituição.

No período de um ano, as fachadas dos centros e espaços operacionais em todos os estados serão modificadas, de forma a criar uma unidade nacional.

Litoral gaucho terá um dos maiores complexos de energia eolica da America Latina

 Por Fernando César Oliveira – Agência Brasil

Santa Vitória do Palmar, no litoral sul gaúcho, vai receber um dos maiores complexos eólicos da América Latina. A ordem de serviço para o início imediato das obras de construção do Complexo Eólico Geribatu foi assinado ontem (14), no município, pela Eletrosul Centrais Elétricas, subsidiária da Eletrobras com a fabricante espanhola de aerogeradores Gamesa.

Serão instalados ao todo 129 aerogeradores, distribuídos em dez parques. O empreendimento é uma parceria da Eletrosul com o Fundo de Investimentos em Participações (FIP) Rio Bravo, que detém 51% do negócio. Os 49% restantes pertencem à estatal. O investimento previsto é aproximadamente R$ 1 bilhão.

Com 258 megawatts (MW) de capacidade instalada, o complexo, quando estiver em pleno funcionamento, no final do primeiro trimestre de 2014, deverá produzir energia equivalente ao consumo de mais de 1,6 milhão de pessoas.

“As primeiras turbinas eólicas já vão estar em operação no segundo semestre de 2013″, disse o diretor de Engenharia e Operação da Eletrosul, Ronaldo dos Santos Custódio, em entrevista à Agência Brasil. “Trata-se do maior ou talvez do segundo maior empreendimento eólico latino-americano, conforme os critérios de avaliação, atrás apenas de outro projeto no Nordeste brasileiro.” O de Alto Sertão I, com capacidade de 294 MW e que envolve três municípios no sudoeste da Bahia: Caetité, Igaporã e Guanambi.

Segundo Custódio, se for somada ao Complexo de Geribatu a capacidade de 144 MW de outro empreendimento eólico da Eletrosul em Chuí (RS), a cerca de 20 quilômetros de Santa Vitória do Palmar, o resultado conjunto de 402 MW de ambos os complexos seria, “com certeza”, o maior da América Latina. “Com os investimentos em curso, a Eletrosul é hoje a estatal mais engajada na produção de energia eólica no Brasil.”

Além do Complexo Geribatu, a Eletrosul tem mais três empreendimentos eólicos, todos no Rio Grande do Sul, devido ao potencial energético da região. No último mês de junho, a empresa inaugurou o Complexo Eólico Cerro Chato, com 90 MW de capacidade, em Sant’Ana do Livramento, próximo à fronteira com o Uruguai. Nas imediações, está sendo construindo o Complexo Eólico Livramento, com 78 MW, que deverá entrar em operação no primeiro trimestre de 2013. As obras em Chuí devem ser iniciadas ainda este ano. Os quatro empreendimentos totalizam 570 MW de potência.

As primeiras obras em Santa Vitória do Palmar serão a abertura de acessos e a construção de fundações e plataformas. Cerca de 70 quilômetros de estradas serão abertos e recuperados. Aproximadamente 60 quilômetros de linhas subterrâneas transportarão a energia dos aerogeradores até uma subestação coletora. Cada aerogerador terá 78 metros de altura e 97 metros de diâmetro.

Conforme a Eletrosul, as obras devem gerar cerca de 3 mil empregos diretos e indiretos na região. Os aerogeradores serão instalados em áreas onde há produções de arroz e criação de gado, compatíveis com a instalação dos equipamentos. Os proprietários serão remunerados pela cessão do solo. “Esses investimentos irão transformar o perfil econômico da cidade de Santa Vitória do Palmar, que tem cerca de 32 mil habitantes”, prevê Custódio. “Além dos empregos, a população vai ganhar mais infraestrutura, segurança e uma renda extra.”

Para escoar a energia dos complexos eólicos do litoral sul gaúcho, a Eletrosul, em parceria com a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul, irá construir perto de 490 quilômetros de linhas de transmissão, três novas subestações e ampliar uma já existente. A previsão é de que as obras das linhas de transmissão, que devem custar R$ 700 milhões, sejam iniciadas até dezembro.


FotoAlbert Vilchez/Creative Commons

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

TVCOM RS lanca programa exclusivo para Passo Fundo

Conexão Passo Fundo estreia neste sábado (15) e irá abordar assuntos relevantes para a região

Neste sábado (15), estreia em Passo Fundo o primeiro programa da TVCOM gravado e exibido exclusivamente para uma cidade do interior do Rio Grande do Sul. Intitulado Conexão Passo Fundo e com apresentação de Maurício Paim, o programa discutirá assuntos atuais e de grande repercussão na região com convidados locais, sempre aos sábados, às 22h30, com reprise aos domingos, às 20h, pelo canal 36 da Net.

Na edição deste sábado, o tema abordado será o Patrimônio Histórico de Passo Fundo e contará com a participação do promotor de Justiça Paulo Cirne, do arquiteto urbanista Luiz Antonio Giacomini, da arquiteta Ana Paula Wickert e da vice-presidente do Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (Gesp), Flávia Biondo.

Com duração de uma hora, o Conexão Passo Fundo conta com o patrocínio de Imed, BS Bios, Disfonte, Farmácias São João e Macopan.

fonte: Núcleo RBS de Divulgação

O mundo contra a Monsanto

O mundo contra Monsanto: No próximo dia 17, ações em diferentes países dizem ‘não’ à política da transnacional 


Na próxima segunda-feira, dia 17, uma onda de manifestações vai se espalhar por vários países do globo para dizer um sonoro ‘não’ aos produtos da transnacional estadunidense Monsanto, maior produtora de transgênicos do mundo. A ação está sendo organizada pelo Movimento Ocupa Monsanto e tem como principal intenção fazer com que os organismos geneticamente modificados (OGM) "voltem para os laboratórios”. A ação principal vai acontecer na cidade de San Luis, em Missouri, nos Estados Unidos, onde está localizada a sede da Monsanto.

"Quer você goste ou não, as chances são grandes de a Monsanto ter contaminado com produtos químicos e organismos geneticamente modificados a comida que você comeu hoje. Monsanto controla grande parte do suprimento mundial de alimentos à custa da democracia no mundo de alimentos”, alerta o Movimento Ocupa Monsanto, chamando a população mundial a se capacitar e tomar atitudes contra a transnacional dos transgênicos.

As manifestações começam no dia do aniversário do movimento social Ocupa Wall Street, que nasceu ano passado, nos Estados Unidos, para se contrapor ao modelo político - econômico dominante. Até o momento, mais de 65 atividades já estão confirmadas em países como Alemanha, Canadá, EUA, Índia, Paraguai, Filipinas, Polônia, Argentina, Austrália, Espanha, Rússia, Japão, entre outros.

Em Oxnard, na Califórnia, as manifestações já começaram. Na quarta-feira (12), ativistas que se autodenominavam da Unidade de Crimes Genéticos fecharam os pontos de acesso às instalações onde estão guardadas sementes da Monsanto para serem distribuídas. A ação fez com que a sede da transnacional passasse ao menos um dia sem distribuir os organismos geneticamente modificados.

Depois das atividades teatrais e da apresentação de alegorias como o "peixe-milho” nove ativistas ‘anti-OGM’ foram levados/as pelas forças de segurança e presos sob a acusação de invasão de propriedade.

No mês de março, foi organizado o Dia de Ação Global para introduzir a realização da mobilização maior, que vai acontecer na próxima segunda-feira. Na ocasião, foram realizadas ações de repúdio à Monsanto em países da Áfricam da Europa, da Ásia e em quase todos da América Latina. Cada organização/movimento/coletivo preparou uma atividade que durou até dois dias para chamar atenção e pedir a retirada dos produtos da Monsanto do Mercado.

Dia 17, também é importante que grupos, organizações, coletivos e comunidades possam colaborar organizando atividades presenciais ou mesmo virtuais, criando eventos nas redes sociais e publicando fotos e vídeos para lembrar que o momento que os produtos da Monsanto não são bem vindos na mesa de milhares de pessoas.

Monsanto
A transnacional produz 90% dos transgênicos consumidos e é líder no mercado de sementes. Seu nome está constantemente ligado a polêmicas quando o assunto é organismos geneticamente modificados.

A empresa é acusada de biopirataria, contrabando de sementes, manipulação de dados científicos e de ser responsável pelo suicídio de agricultores indianos, que se endividaram por conta dos altos custos de sementes transgênicas e de insumos químicos necessários às plantações de transgênicos, entre outros crimes. Por isso, há hoje em diversos países campanhas organizadas e permanentes contra a atuação da Monsanto e que rechaçam aos seus produtos.

>> Para mais informações, acesse: http://occupy-monsanto.com/

fonte: Adital

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Mostra de cinema propoe reflexao sobre etica no jornalismo

Mostra de cinema propõe reflexão sobre ética no jornalismo

Filmes como ‘A Montanha dos Sete Abutres’, ‘Rede de Intrigas, ‘O Informante’, e 'Frost/Nixon' integram a programação

De 18 a 23 de setembro, o CineBancários recebe a mostra cinematográfica ‘Imprensa – O Quarto Poder’, que pretende colocar em discussão a relação entre o poder e os limites éticos dos meios de comunicação na sociedade contemporânea. Realizada em parceria com o jornal Sul 21 e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado, a iniciativa tem entrada franca e é composta por oito títulos entre produções clássicas e mais recentes.

A atuação da imprensa e seus mecanismos, sua importância para garantir a livre informação nas sociedades democráticas e seu comprometimento econômico com os poderosos são alguns dos pontos de discussão propostos pela programação, que retrata as diferentes formas de atuação dos profissionais da comunicação. Entre as obras selecionadas estão filmes como ‘A Montanha dos Sete Abutres’, de Billy Wilder; ‘Rede de Intrigas, de Sidney Lumet; ‘O Informante’, de Michael Mann, e 'Frost/Nixon', de Ron Howard.

A mostra conta com o patrocínio do Banrisul, através do financiamento da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e as sessões ocorrerão às 15h, 17h e 19h.

fonte: coletiva.net

Radio eh lider em confianca

Meio foi citado por 67% dos entrevistados em levantamento do Ibope para a revista Seleções


O rádio é o veículo de comunicação de maior confiança dos brasileiros, conforme pesquisa do Ibope. Realizado a pedido da Revista Seleções para compor o 11º Prêmio Marcas de Confiança, o levantamento apontou o meio como o primeiro colocado na categoria comunicação com 67% de lembrança dos entrevistados, seguido do jornal com 64%, revistas, 51%, e TV, 34%. O estudo anual foi feito em maio, através da web, e contou com a participação de 1,5 mil pessoas. Foram apurados o grau de confiança em 36 categorias de produtos, cinco categorias especiais, e sete grupos de personalidades brasileiras.


O rádio, que na última semana completou 90 anos da sua primeira transmissão no Brasil, foi homenageado nesta quarta-feira, 12, entre os demais vencedores do Prêmio Marcas de Confiança. A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) receberá a distinção em nome das rádios e, na ocasião, será representada por seu diretor de Comunicação, Théo Rochefort.

Marcas
Marca mais confiável: Nestlé (16%)
Marca mais responsável socialmente: Natura (21%)

Categorias especiais
Instituições/Organizações: Correios (79%) e Real (moeda) (77%)
Profissões: Bombeiros (95%)
Veículos da imprensa: rádio (67%)
ONGs: Apae (88%)
Redes sociais: Facebook (42%)

Personalidades
Apresentadores: Patrícia Poeta (74%) e Luciano Huck (73%)
Artistas: Marieta Severo (83%), Glória Pires (82%) e Antonio Fagundes (81%)
Cantor: Chico Buarque (71%)
Escritor: Lygia Fagundes Telles (70%)
Esportista: Cesar Cielo (88%)
Executivo: Jorge Gerdau (71%) e Luiza Helena Trajano (70%)
Publicitários: Nizan Guanaes (40%) e Roberto Duailibi (39%)

Marcas
Adoçante: Zero-Cal (36%)
Analgésico: Dorflex (36%)
Aparelhos eletrônicos: Sony (28%)
Assistência médica: Unimed (48%)
Automóveis: Fiat (24%) e GM (23%)
Bancos: Banco do Brasil (32%)
Bandeira posto de gasolina: BR Petrobrás (46%)
Café: Pilão (20%) e Melitta (17%)
Cartão de crédito: Visa (59%)
Cerveja: Skol (38%)
Chocolate: Nestlé (52%)
Companhia aérea: TAM (56%)
Companhia de seguros: Porto Seguro (27%)
Creme dental: Colgate (62%)
Cremes para pele: Natura (26%) e Nívea (23%)
Detergente líquido: Ypê (51%)
Eletrodomésticos: Brastemp (53%)
Iogurte: Danone (36%)
Laboratório medicamentos genéricos: Medley (35%)
Lojas de departamentos: Renner (21%) e C&A (20%)
Maquiagem: Avon (35%)
Óleo de cozinha: Liza (36%)
Operadora de telefonia: Vivo (34%)
Operadora de viagem: CVC (46%)
Previdência privada: Bradesco (24%)
Protetor solar: Sundown (35%)
Ração: Pedigree (34%)
Refrigerante: Coca-Cola (54%)
Sabão em pó: Omo (77%)
Sabonete: Dove (24%)
Shampoo/condicionador: Seda (27%)
Suco concentrado: Del Valle (25%)
Supermercados: Extra (21%)
Tinta para parede: Suvinil (55%)
Tintura para cabelos: L’Oreal (28%)
Vitaminas: Centrum (20%)

fonte: coletiva.net

Acidente grave em Tres de Maio

Foto: Paulo Marques
Um acidente por volta do meio dia desta quinta-feira (13), envolvendo um automóvel e uma caminhonete, deixou quatro pessoas mortas.

O acidente, aconteceu na ERS 342, na localidade de Flor de Maio no município de Independência. Um automóvel Corsa Sedan, do município de Alegria, era conduzido por Neuza Krasczuk, e colidiu de frente com uma caminhonete Chevrolet S10 de Três de Maio, conduzida por Irineu Reidel. 


Além da motorista, eram ocupantes do Corsa mais quatro pessoas, três filhos da condutora e a mãe dela, Inês Krasczuk. Morreram no local do acidente, Neuza Krasczuk, de 37 anos e Inês Krasczuk, de 56 anos, Lucas Krasczuk, de 1 ano, morreu a caminho do hospital. Posteriormente, morreu no hospital, Guilherme Krasczuk, de 8 anos. A outra criança e o motorista da caminhonete, encontram-se hospitalizados no Hospital São Vicente de Paulo em Três de Maio.

O automóvel Corsa, era conduzido no sentido Três de Maio-Independência, sendo que a caminhonete S 10, transitava no sentido contrário. Com a força do impacto, as duas mulheres ficaram presas nas ferragens, sendo que a motorista só foi retirada do veículo aproximadamente 45min após o acidente. Os bombeiros tiveram que cerrar grande parte do automóvel para conseguir resgatar os corpos das vitimas que já estavam sem vida.

O acidente, mobilizou a Brigada Militar de Independência, o Corpo de Bombeiros Misto, Samu e Brigada Militar de Três de Maio e a Policia Rodoviária Estadual de Santa Rosa.


fonte: Paulo Marques Notícias / Três de Maio

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Festival de Curtas da FEMA

Fema convida para o 3° Festival de Curtas

A Escola Técnica Machado de Assis convida para o 3° Festival de Curtas dos estudantes do Ensino Médio da Instituição. O festival acontece na próxima quinta-feira, 13 de setembro, às 19h e 30min, no Centro Cívico e Cultural Antônio Carlos Borges.

Serão apresentadas sete mostras competitivas, das quais serão premiados o melhor filme, melhor roteiro, melhor ator e atriz, trilha sonora e direção.

O festival tem o objetivo de incentivar a leitura, despertar novos talentos, estimular a criatividade, bem como a organização, a responsabilidade dos alunos, o senso crítico e o espírito de equipe. Segue abaixo a lista dos selecionados para exibição no dia 13:

- ‘O outro’, baseado na obra de Ruben Fonseca;
- ‘O jogo do Osso’, de João Simões Lopes Neto;
- ‘O lixo’, de Luis Fernando Veríssimo;
- ‘O caso do Vestido’, de Carlos Drummond de Andrade;
- ‘Trezentas Onças’, de João Simões Lopes Neto;
- ‘Quem morre descansa’, de Nelson Rodrigues;
- ‘Analista de Bagé’, de Luis Fernando Veríssimo.

Solidariedade

Quimioterapia recebe doação da Liga
A Liga de Combate ao Câncer de Santa Rosa recebeu do Programa Nota é Minha, do Governo do Estado, um televisor, de 32 polegadas. O aparelho foi doado para o setor de Quimioterapia do Hospital Vida & Saúde. A televisão foi instalada na sala de quimioterapia, onde cerca de 12 pessoas realizam o tratamento/dia.

Neste local, existia uma antiga televisão, que também tinha sido doada pela entidade. Este aparelho foi encaminhado para o quarto de isolamento do setor, onde permanecem os pacientes mais debilitados. De acordo com a enfermeira Graziela Hendges, “Essa doação foi muito importante, pois os pacientes além de se sentirem valorizados com o presente também podem desfrutar de ambiente mais agradável enquanto realizam o tratamento”.

Prevencao e riscos na construcao civil

IV Jornada em Saúde do Trabalhador inicia amanhã com mais de 200 inscritos

Começa amanhã (12) a IV Jornada em Saúde do Trabalhador. O evento realizado pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador da Macrorregião Missioneira (Cerest Ijuí) vai reunir sete palestrantes para falar sobre o tema: 'Prevenção de Riscos na Construção Civil'. A Jornada proporciona a continuidade das discussões realizadas pelo Cerest em suas atividades de capacitação e educação em saúde. Cerca de 200 pessoas vão participar do evento no Salão de Atos da Unijuí. Serão efetuadas inscrições gratuitas no local.

No primeiro dia de evento a programação inicia com o credenciamento às 7h30 e, logo após, a abertura oficial. Na manhã haverá palestra com o Juiz do Trabalho, Dr. Raul Zoratto Sanvicente, com o tema ‘Acidente de Trabalho: não basta reparar’. À tarde a palestra será com o Auditor Fiscal do trabalho do Ministério Trabalho e Emprego, Lucio Debarba sobre o tema ‘Segurança do Trabalho na Indústria da Construção Civil’. As falas serão seguidas de debate entre os participantes do evento. A programação continua na quinta-feira (12) com mais quatro temas.

Durante os dois dias de evento o Cerest Ijuí permanecerá fechado, centralizando suas ações na Jornada. Outras informações pelo site do Centro de Referência, cerestijui.com.

Meu nome é Jorge

Escritor Jorge Martins estará em Santo Ângelo,
dia 28 de setembro, na Feira do Livro.


Meu nome é Jorge


O livro Meu nome é Jorge é um exemplo de resistência e abnegação. Nele, o autor nos
mostra, na prática, aquilo que, em tese, os especialistas reiteram todos os dias: a importância da família na formação humana.


Essa é a principal mensagem do livro, mostrar ao leitor como a manutenção de vínculos familiares, em todas as circunstâncias da vida, é fundamental para
vencer.

É comovente a insistência de Jorge em manter os vínculos familiares, mesmo diante da rejeição e do clima de beligerância enfrentados desde o nascimento. Em seu livro, é relatada
uma história de vida desde o primeiro berço em uma caixa de sapatos até a construção dos meios para uma sobrevivência digna, a árdua construção de um projeto de vida, a formação acadêmica. Tudo isso por caminhos nada triviais, especialmente nos atribulados anos da infância como menino de rua, até o início da vida adulta. A narrativa retoma o passado e chega ao presente, permitindo passagens com as reflexões de um homem maduro sobre a própria existência construída a ferro e fogo.


Todas as portas que se abriram para Jorge o levariam invariavelmente à marginalidade e ao crime. Mas outros elementos de sua personalidade, além do apego à família, ajudaram-no a superar todo tipo de obstáculos que a ele se apresentaram já a partir da primeira infância. Entre eles, a valorização da amizade, que ele tão bem sabe conquistar e cultivar.

Jorge Martins nasceu em Novo Hamburgo. A mãe tinha problemas mentais e o pai, homem violento, o agredia. Diante dessa atmosfera nada propícia para o início de uma onstrução de vida, foi morar com a avó, de quem recebeu todo o carinho e a atenção necessárias a sua sobrevivência. Mas, quando ainda tinha apenas dez anos, a avó morreu. Aí recomeçou uma luta renhida para ocupar seu lugar ao sol. Foi para a rua, morou um tempo com o pai que o agredia e o submetia a atividades incompatíveis com a idade, mas não agüentou os maus tratos que se repetiam. Então, retornou à rua, onde perambulava dia e noite, alimentando-se de restos de comida, de doações, dormindo em praças e até no cemitério da cidade.

Depois de perambular por Novo Hamburgo, veio para Porto Alegre, trazido por uma pessoa que lhe prometeu uma vida melhor. Viveu durante algum tempo na praça da Alfândega, conviveu com pessoas de baixo valor moral e ético, mas sempre com os olhos voltados para algo que, tinha certeza, o levaria a um caminho de luz e harmonia. Caiu em emboscadas armadas por inimigos, esteve preso, mas, em função de sua fortaleza moral e da arte de cultivar boas amizades, conseguiu vencer todas as adversidades.

Depois de duras batalhas contra o preconceito, conquistou um emprego digno, ganhou confiança dos chefes, montou um negócio próprio, prosperou, formou-se em Administração, em Inglês, é proprietário de uma locadora de automóveis e hoje atua também como ator, sendo um dos mais requisitados do cinema e da televisão do Rio Grande do Sul.

Outra singular virtude de Meu nome é Jorge é, ainda, a disposição do autor de não esconder o passado. Jorge mostra-o em toda a sua dimensão - e contribui com isso para que, a exemplo dele, possamos também enfrentar os duros percalços da vida, tornando o mundo melhor, 
mais solidário e mais humano.

O livro Meu Nome é Jorge aborda questões fundamentais sobre abandono, violência, perda da família e miserabilidade com todas as implicações que isso pode acarretar. Mostra a luta incessante do autor pela suas própria sobrevivência, a busca dos valores familiares o que revela sensibilidade, e o perdão restaurador sobre a dura vida de quem conta com a sorte para permanecer vivo e íntegro.

Um livro para ler de um só fôlego. Uma história envolvente que nos faz refletir sobre as
frágeis relações sociais sobre pessoas que, na sua grande maioria, acabam por percorrer
os caminhos da criminalidade.

domingo, 9 de setembro de 2012

Entenda a funcao do vereador

As funções que competem ao vereador de acordo com a constituição de 1988

Com a proximidade das eleições, é bom entender o papel de cada função do governo municipal

O governo municipal divide-se em dois poderes independentes entre si, o Executivo (Prefeitura) e o Legislativo (Câmara de Vereadores), e independentes aos poderes e órgãos da União e dos Estados.

As funções que competem à atuação municipal estão previstas na Constituição Federal de 1988. Um município pode formular suas próprias leis, desde que não entrem em conflito com as leis de outras esferas, e têm autonomia para editar suas próprias Leis Orgânicas, ou seja, a compilação dos direitos, poderes e prioridades municipais.

O vereador desempenha como funções típicas as tarefas de legislar e de exercer o controle externo do Poder Executivo. A função legislativa consiste em elaborar, apreciar, alterar ou revogar as leis de interesse para a vida do município. Essas leis podem ter origem na própria Câmara ou resultar de projetos de iniciativa do Prefeito, ou da própria sociedade, através da iniciativa popular.

Existem dois tipos de funções desempenhadas pelo vereador: função típica e função atípica.

A função típica consiste em legislar e fiscalizar. A atividade legislativa do vereador permite as seguintes proposições à Câmara:

Proposta de emenda: o vereador pode criar uma proposta para alterar a lei Orgânica do município, mas essa proposta tem uma tramitação diferenciada na Câmara: é votada em dois turnos e aprovada por dois terços dos vereadores da casa.

Projetos de lei: são as proposições que têm por finalidade regular as matérias no município e que precisam ser sancionadas pelo prefeito. Os vereadores podem apresentar projetos de Leis Complementares, projetos de Leis Ordinárias e projetos de Leis Delegadas. Vale ressaltar que quem apresenta um projeto de lei é o dono da iniciativa, porém, quando a lei é aprovada, passa a ser uma lei da Câmara.

Projetos de Resolução: são atos que tem efeito apenas no interir da Câmara e não necessitam da sanção do prefeito para a sua promulgação. Os projetos de resolução tratam de temas como a criação de Comissões Especiais, elaboração do Regimento Interno, destituição da mesa ou de qualquer de seus membros, concessão de licença a vereadores, etc.

Projetos de decreto legislativo: são normas que só podem ser definidas pela Câmara de Vereadores e provocam efeitos externos. Para entrar em vigor não têm que passar pela sanção do prefeito. Exemplos desse tipo de matéria são a concessão de títulos honoríficos e a aprovação ou rejeição das contas do município.

Emendas a projetos de lei, de resolução ou de decreto legislativo: são posições apresentadas pelo vereador, quando ele deseja alterar a forma ou o conteúdo da posição principal: projetos de lei, de resolução ou de decreto legislativo.

Indicação ao executivo e aos vereadores: é uma espécie de sugestão por escrito apresentada pelo vereador. Através da indicação, o vereador pode sugerir medidas de interesse público aos Poderes competentes ou também para sugerir a manifestação de uma ou mais comissões sobre determinado assunto, visando à elaboração de projeto sobre matéria de iniciativa da Câmara.

Moções: são as proposições em que é sugerida a manifestação, apelo, congratulação ou protesto da Câmara sobre determinado assunto.

Requerimentos: são um instrumento muito comum nos trabalhos legislativos. Através deles, o vereador pode solicitar providências administrativas e relativas ao Regimento Interno, bem como obter informações da Mesa Diretora da Câmara, do prefeito ou de qualquer outra autoridade do Executivo municipal.

Parecer: é o pronunciamento da Comissão ou da Assessoria técnico-legislativa sobre matéria sujeita ao seu estudo Normalmente é oferecido por escrito pelo relator da matéria.

Recurso: é a posição destinada a alterar decisões tomadas por órgãos da Casa – Presidência da Câmara, Presidências das Comissões, Mesa Diretora e Comissões.

Como funções atípicas, a Câmara tem competência administrativa para:

Gerenciamento do próprio orçamento, patrimônio e pessoal;

Organização dos serviços (composição da Mesa Diretora, organização e funcionamento das comissões);

E judiciária para:

Processar e julgar o prefeito por crime de responsabilidade;

Julgar os próprios vereadores, inclusive o Presidente da Câmara, em caso de irregularidades, desvios éticos ou falta de decoro parlamentar.

sábado, 8 de setembro de 2012

Nao ha liberdade solitaria

por João Paulo - editor de Cultura do jornal Estado de Minas



Um dos grandes dilemas do mundo contemporâneo, que parece afetar todos os momentos do nosso dia a dia, é a desimportância da convivência. Em palavras mais duras: a descartabilidade da maioria das pessoas, a transformação do outro em lixo. Nosso tempo, ao afirmar laços cada vez mais exclusivos e resumidos, faz do outro uma ameaça. Num tempo em que a competição alcançou todos os terrenos, do mundo do trabalho às relações afetivas, o outro é um ladrão do meu gozo potencial.

A primeira perda desse estado de coisas é a noção de solidariedade. Como o território é de disputas permanentes, querer que o outro progrida e supere suas dificuldades apenas me deixa mais fraco no cenário da luta conspícua. Os problemas do outro são as minhas oportunidades. Essa lógica está presente em vários episódios da vida social. Como o próximo é meu inimigo potencial, é importante neutralizar todos os seus eventuais méritos e vantagens. Esse raciocínio está presente, por exemplo, na condenação das políticas de ações afirmativas.

A segunda consequência do estado de guerra hobbesiana de todos contra todos é a discriminação e o preconceito que passa a perseguir os “perdedores”. Mais uma vez há uma tradução desse processo no cotidiano. Para ficar no exemplo no campo educacional, sempre que uma escola convida um aluno a se retirar por causa de seus resultados, mais que defender uma seleção dos melhores ela está denegando seu compromisso com a educação. Se um colégio não serve para ensinar, mas para separar jovens em castas, há muito deixou de ser educandário, como se dizia antigamente. Os colégios que expulsam os alunos com problemas de aprendizagem em nome da defesa de um nível mais alto de competitividade é apenas uma instituição fascista. Tem pai que quer seu filho num colégio fascist

O terceiro aspecto que a competição exacerbada traz para a sociedade é o culto da solidão. A sociedade, fundada no incentivo à distinção, parece apostar no isolamento como lugar dos melhores. Há uma distância enorme de outros valores, como o da excelência construída coletivamente, que fundava o ideal de convivência nas sociedades tradicionais. O projeto de se tornar um homem excelente foi trocado pelo desejo de se tornar uma pessoa distinta. O sucesso em si se torna objetivo de vida.

Entre os antigos, a moral da excelência partia da vida comum, lançava mão de ambições intelectuais, se traduzia em obras para a coletividade e era coroada com o alcance da felicidade individual, que era o último estágio. Os homens e mulheres buscavam fazer da vida uma obra de arte, mais ainda, uma obra de arte comunicável, dialogada, compartilhada. Ser feliz era ser com os outros. Hoje, ser feliz é ser contra os outros.

O quarto elemento derivado dessa contenda que se tornou nossa vida é o incentivo ao egoísmo. As pessoas defendem seu interesse com tanto denodo que tudo que se opõe a ele se torna obstáculo a ser derribado. O egoísmo é o cimento de uma sociedade de indivíduos escandidos no tempo e no espaço. Vivemos, como disse Drummond, tempo de partidos, de homens partidos. Essa situação, além de isolar o indivíduo, supõe a derrocada de todo tipo de projeto coletivista. Entre eles a política.

Platão e Marx O egoísmo é em si um defeito de alma. Não pode – e não vai – melhorar a sociedade e aprimorar a relação entre as pessoas. Só numa sociedade humana em sua raiz é possível acreditar no florescimento real das individualidades. Ou seja, o indivíduo, com todo o seu repertório de possibilidades, só se realiza de fato em companhia. Somos sempre com o outro. Defender contextos defesos da presença da alteridade é criar o terreno para o fracasso de civilização.

Essa verdade foi traduzida por pensadores de diferentes épocas e estilos. Platão, na República, garantia que só na pólis o homem pode se realizar. A afirmação de seus dons mais valiosos só está garantida na presença do interesse geral e do bem comum. Nesse sentido, a busca da construção social é o único caminho viável para a felicidade individual.

O mesmo se depreende da leitura de Marx, em sua defesa da superação dos estágios de desumanização próprios do capitalismo, na perspectiva de uma transformação das condições de vida para todos. A sociedade civilizada ou será socialista ou a barbárie. Independentemente da concordância com o pensador aristocrático grego ou o revolucionário alemão, a conclusão é que a liberdade é uma construção coletiva. Não há liberdade solitária.

A transformação dialética da solidão em solidariedade aponta para o exercício da política. A liberdade conquistada no isolamento não cria nada, apenas reafirma valores exteriores que nos afastam do conflito e da possibilidade de aprimoramento. A liberdade, quando exercida coletivamente, supõe a perspectiva de sua ampliação e alargamento a um número maior de pessoas. A política é o campo de exercício da liberdade responsável.

Cinismo Talvez o maior inimigo dos projetos coletivos seja o cinismo. O período eleitoral é um campo privilegiado para a observação da vigência do cinismo entre nós. Quando, nos anos 1990, o psicanalista Jurandir Freire Costa identificou a presença de uma razão cínica na sociedade brasileira, ele parecia descrever, por meio de uma triste fenomenologia, como chegamos tão baixo em matéria de civilização. No âmbito do cinismo, os valores caducam, o individualismo impera, a cultura se dissolve, os sentimentos se tornam relações de poder.

O diagnóstico de Jurandir ajudava a entender problemas que àquela época pareciam insuperáveis: a violência, o preconceito, a anomia, a corrupção, a irresponsabilidade, o moralismo. Para muitos, o psicanalista desenhava um horizonte sem saída, uma aporia insuperável de nossos defeitos como nação. O que, no entanto, o pensador destacava em sua análise era que o estado de coisas vivido naquela quadra não impedia que se desenvolvessem ações meritórias, que políticos dignos se manifestassem, que funcionários públicos cumprissem sua função, que as pessoas se organizassem para enfrentar desmandos e realizar coisas.

Para Jurandir, não se tratava de minorar as ações individuais e coletivas, por um lado, nem em absolutizar o papel desagregador da corrupção do Estado, por outro. O que ele enxergava no horizonte era que a sociedade não aceitava se demitir de seus problemas (o que quase sempre é a origem dos totalitarismos). Havia ação e indignação. O cinismo não campeia onde há crença em valores intercambiáveis. O cinismo é sempre a arma de solitários.

A eleição é um momento de afirmar valores coletivos e projetos ampliados. O homem não é, diria Freud, um ser originariamente social. Somos sozinhos e egoístas de nascença. Por isso precisamos melhorar. O outro é o espelho de nossa pequenez. E nossa chance de crescimento.