terça-feira, 28 de outubro de 2008

54ª Feira do Livro é lançada para imprensa


A 54ª Feira do Livro de Porto Alegre foi lançada, oficialmente, nesta terça-feira, 28, durante café da manhã para imprensa e convidados no Grande Hotel. Na ocasião, foram apresentadas as peças publicitárias da campanha deste ano, elaboradas pela Agência Matriz, bem como a equipe de assessoria de imprensa e do site da Feira.

Mais informações no site www.feiradolivro-poa.com.br.

A FEIRA

Começou a contagem regressiva para a 54ª Feira do Livro de Porto Alegre, evento que movimenta ainda mais o centro da cidade e mexe com as emoções das pessoas. Como no último ano, as atividades da programação geral da Feira estarão distribuídas em vários locais do entorno da Praça da Alfândega, como o Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, o Memorial do Rio Grande do Sul e o Santander Cultural. A Área Infantil e Juvenil da Feira continuará funcionando no Cais do Porto.

Para este ano, está confirmada a participação de 167 expositores livreiros, sendo 122 na Área Geral, 29 na Área Infantil e Juvenil e 16 na Internacional. A Área Infantil e Juvenil abre das 9h às 21h. O restante da Feira funciona das 13h às 21h.

A literatura pernambucana terá vez na Feira. Pernambuco será o Estado Convidado e vem com pelo menos 15 escritores e duas atrações musicais. A abertura da programação contará com a presença do escritor e secretário de Cultura de Pernambuco, Ariano Suassuna.

Este ano, acontece mais uma edição do Traçando Histórias. Realizada a cada dois anos, é considerada a mais importante exposição de ilustrações de literatura infantil e juvenil promovida no Brasil. Em 2008, a Traçando chega a sua sexta edição repleta de novidades.

A Feira do Livro de Porto Alegre tem o desafio de continuar sendo um evento de letramento, que incentiva à leitura e à sua qualidade. Para 2008, a campanha publicitária da Feira, com o tema “Ler enriquece.”, procurou transmitir a importância da leitura no desenvolvimento pessoal de cada um. Ler informa, educa e transforma a vida do indivíduo, permitindo que ele vá além e realize seus sonhos.

A infra-estrutura foi significativamente melhorada na Área Infantil. Os espaços estão mais funcionais, melhor montados e ambientados. Além da área da Traçando, que se levou para o Cais para potencializar a visitação escolar, haverá novos espaços como o Ateliê da Imagem, onde se realizam oficinas e exposições-relâmpago relacionadas com a ilustração, a fotografia e outras artes visuais, e o Espaço Sensorial.

 

Números da Feira deste ano

Área total: 25 mil m² / Área coberta: 14 mil m²

Bancas expositoras: 167

Sessões de autógrafos: 796

Oficinas: 56 oficinas

Autores/especialistas participantes na programação para público adulto: 649, participantes em 276 eventos, entre mesas-redondas, oficinas, programação artística e encontros com o livro. Sendo 36 de fora do país.

Escritores e ilustradores da área infantil e juvenil: 120 

Casa da Imprensa – A Feira do Livro contará com infra-estrutura para atender aos jornalistas que estiverem fazendo a cobertura do evento, com computadores, acesso à internet (com ou sem fio). 

A 54ª Feira do Livro de Porto Alegre tem os apoios das leis estadual e federal de incentivo à cultura: LIC-RS (Secretaria de Estado da Cultura) e Lei Rouanet (Ministério da Cultura) 

Realização

Câmara Rio-Grandense do Livro

O patrono três-maiense




Do blog do Patrono- www.feiradolivro-poa.com.br 


A expectativa


Quanto mais se aproxima o dia de inauguração da Feira, mais eu penso no sentido etimológico da palavra expectativa, "olhar para o que está do lado de fora". Porque, pelo lado de dentro, já estou vendo uma grande feira, a maior de todas, a mais alegre, a mais movimentada, a com o maior volume de vendas. Não porque eu seja o Patrono, mas porque a Feira do ano sempre supera a do ano anterior. Olho pro lado de fora e penso: "Será que já saiu a LIC? Será que vai chover? Será que faço discurso? Será que compro roupa nova ou dou o dinheiro do novo terno para a Sofia comprar livros infantis?". Ih, ao olhar para o lado de dentro, já sinto saudade da Feira de 2008, enquanto ao olhar para o lado de fora vejo o Xerife se aproximando, com sua sineta retumbante!

Charles Kiefer


Foto: Rômulo Valente

Variglog

        

Você precisa enviar documentos, cargas ou mercadorias e está achando caro??? Então é por que não conhece as tarifas da Variglog Santa Rosa!!! Quer exemplos? Compare: para o envio de documentos, seja 100 gramas até um quilo, para Porto Alegre é R$ 11, São Paulo R$ 18 e Brasília R$ 20, com entrega no destino no outro dia da postagem. Além do Velogdoc oferecemos soluções para qualquer necessidade de logística e transporte da sua empresa. Nas remessas acima de 21 quilos tarifas super reduzidas.

O VELOG oferece diversas opções de serviços para solucionar todo tipo de urgência, com praticidade, pontualidade e economia de tempo e dinheiro, com prazos pré-definidos, em 4800 municípios brasileiros. VELOG é o nosso serviço porta a porta de entregas expressas. É perfeito para o envio de encomendas que precisam chegar na velocidade que você precisa. São várias opções que você pode escolher, segundo as necessidades de cada remessa, seja pelo transporte aéreo ou rodoviário.

Consulte nossos preços e faça economia. Coleta e cotação gratuitas.

Nosso endereço: Rua Almirante Cabral 48, Centro, Santa Rosa, das 9 às 17h30 min., sem fechar ao meio-dia.

 

Telefone: 3512 7766

Novo e-mail: sra01@variglogistica.com.br

MSN: velogsra01@hotmail.com A/C Ivana

E velogsra@hotmail.com A/C Francione

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

XI Expofeira do Agronegócio


Começamos bem!

 

Se um grande evento se mede pela participação e envolvimento de uma comunidade, a XI Expofeira começou bem. Mesmo num sábado chuvoso como foi o último (25), cerca de 40 pessoas entre lideranças empresariais, representantes de entidades e veículos de comunicação estiveram presentes na primeira grande reunião para debater o maior evento de 2009. 

Sob o comando de Luiz Augusto Manjabosco, atual presidente da XI Expofeira do Agronegócio, a reunião teve como objetivo apresentar o projeto original do evento e discutir o planejamento estratégico. 

As comissões de assessoramento que já tiveram a indicação de nomes apresentaram as diretrizes que nortearão os trabalhos. 

Segundo Manjabosco, não está descartada a aquisição de uma nova área de terra que será anexada ao patrimônio do Parque de Exposições. Fixou em 30 de novembro a data limite para que o assunto tenha conclusão. 

O processo de comercialização de espaços apresenta até agora um resultado acima das expectativas, relatou Marcos Hendges. Existe, inclusive, lista de espera de novos expositores que aguardam o encerramento do período de oferta preferencial aos comerciantes que já expuseram na Expofeira de 2007. 

O destaque ficou por conta da presença do prefeito eleito Olívio José Casali que manifestou seu incondicional apoio ao evento. 

Soberanas 

A professora Marizete Furian, coordenadora da Comissão Social e Solenidades, destacou o retorno da seleção e escolha de soberanas para o evento.

Os convites e inscrições já estão abertos junto à ACI e, terá culminância nos dias 13 e 14 de novembro próximo, quando ocorrerá a apresentação e seleção das três soberanas. Dia 13 de novembro, no restaurante do Clube Buricá  (clubinho) haverá uma recepção com a presença das candidatas, jurados, comissão coordenadora e imprensa. No dia seguinte, por ocasião do baile comemorativo dos 20 anos do Jornal Semanal, haverá desfile e anúncio oficial das selecionadas. 

Comissão Coordenadora da XI Expofeira do Agronegócio: 

Presidente: Luiz Augusto Manjabosco

Vice-presidente: Ildo Corso

Finanças: Joelmir Winck e Eurico Metzner

Shows e eventos: Cleiton Depner e Elisandro Weise

Social e Solenidades: Marizete Furian

Imprensa e Divulgação: Gerson Rodrigues

Planejamento e Comunicação Visual: Flávio Magedanz 

Nos próximos dias, Manjabosco deverá anunciar os novos integrantes da Comissão Organizadora. A orientação é para que cada coordenador de comissão organize a sua respectiva equipe de trabalho. 

Após a reunião houve uma confraternização e almoço conjunto. 

Contatos:

Associação Comercial e Industrial de Três de Maio/RS

Rua Expedicionário Bertholdo Boeck, 530 – 2º Andar

Fones: 55 3535-1338 / 3535-1241

www.acitm.com.br / www.expofeira.com.br

Blog: www.11expofeira.blogspot.com

 

 Comissão de Imprensa e Divulgação

Gerson Rodrigues – coordenador

55 9977 7708

 

domingo, 26 de outubro de 2008

Só para elas!

LEO CLUBE Três de Maio APRESENTA....


Convide suas amigas, a mãe, irmã, tia, vó, vizinhas e venha participar!
data: 06/11/2008
Local: AABB-Três de Maio
Horário: 20:00
Traje: Fantasia
UMA FESTA QUE VAI FAZER VOCÊ SE DIVERTIR MUITO!
Haverá desfile de modas com participação das lojas Modatto e Enerfit
Premiações, drink's, música e muita diversão.
PARTICIPE!
Informações: 55 9933.2244 ou LEO Clube.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Abestada

Textinho indicado pela Tereza G. [agora, quase internacional!]


"Eu não tenho muito saco pra gente esnobe, mas sem estofo. Gente querendo pagar de chique, culta e viajada, mas que só sabe falar de roupa + sapato + dinheiro, que só lê livros de auto-ajuda, culinária ou os "shopaholic" da Sophie Kinsella e não consegue apontar o Marrocos num mapa. Tipo, quer ser isso tudo e tá feliz? Fabuloso! Mas não queira bancar a esnobe, porque aí fica ridículo, filha.

Eu não sou uma pessoa esnobe. Nem faria sentido; não sou rica, não sou bonita, nem culta (e nem dói não ser nada disso, sinceramente). Tenho um português mediano (e piorando a olhos vistos desde que saí do Brasil), leio clássicos e porcarias (e às vezes gosto mais das porcarias), adoro música brega pra relaxar e no Rio você tanto poderia me achar na fila de uma pré-estréia de filme iraniano quanto comendo pipoca num cartoon da Pixar. Faço compras na Selfridges e em lojas de segunda mão (tenho uma saia favorita que deve ter sido usada por umas quatro gerações de mulheres). Meu inglês escrito é passável mas, apesar de ter uma pronúncia OK, minha auto estima esfarrapada me impede de bater papinho com estranhos no idioma da Lilica. Arrasto tudo com a barriga e já reciclei a carapuça de culpada faz tempo (atualmente eu a utilizo para coar café). Não acredito ser possível virar best-friends-forever-BFF-OMG com gente que, mesmo sem precisar, parece ter alguma coisa a provar para o mundo.

Uma das (poucas) vantagens de sair da adolescência é parar de se importar tanto com o que terceiros possam pensar a seu respeito. Sim, isso é possível! Ainda bem - porque, pra perder os peitinhos empinados dos meus 15 anos, o prêmio de consolação por envelhecer tinha mesmo que ser phoda. O dia em que eu conseguir ignorar completamente o que qualquer pessoa venha a pensar de mim, serei feliz."

Políticas culturais

Na semana que antecedeu o último pleito municipal, a OSCIP Cidade Interativa passou às mãos dos então candidatos à prefeitura de Santa Rosa, Marli Rozek, Neusa Kempfer e Orlando Desconsi um documento com algumas sugestões que contemplam a área cultural. 

Segue abaixo a íntegra do documento:

Carta Proposta Cidade Interativa para o quadriênio 2009-2012 

A OSCIP Cidade Interativa, no intuito de continuar colaborando para a melhoria da qualidade de vida de todo e qualquer cidadão santa-rosense, relaciona algumas ações que espera que se tornem realidade ao longo da próxima gestão político-administrativa de nosso município. Vamos a elas:

 

- Preenchimento parcimonioso dos cargos de chefia (CC's e FG's), levando em conta critérios técnicos e vocacionais, para que alcancemos maior eficiência nos serviços públicos;

- Criação de um departamento específico para o desenvolvimento e acompanhamento de projetos, buscando garantir a captação dos recursos disponíveis nas mais diversas esferas;

- Conclusão do Centro Cultural no antigo Palácio Municipal com a criação de órgão específico e independente para sua gestão (Fundação ou Instituto);

- Conclusão do Parcão de acordo com Projeto aprovado nas audiências públicas;

- Implantação do Projeto Tape Porã, a partir da definição de um Plano Diretor específico para a área, discutido com a comunidade;

- Revitalização do Musicanto através de uma gestão pública e democrática, com ações permanentes e incisivas na comunidade;

- Desenvolvimento econômico e ecologicamente sustentável, com a demarcação das áreas atingidas pela atividade industrial, para fins de analisar o potencial ofensivo de cada empreendimento e redução do impacto ambiental;

- Fortalecimento da Secretaria de Cultura, restringindo suas ações na área de Cultura e Turismo;

- Elaboração de um inventário das atividades e bens culturais e turísticos do Município (banco de dados);

- Criação de Lei Municipal de Incentivo à Cultura e Fundo Municipal de Cultura;

- Descentralizar as ações culturais e revitalizar as áreas culturais e de lazer periféricas degradadas; e readequar as áreas verdes e de lazer em vilas e bairros, onde não existam;

- Redefinição das formas de utilização da marca Xuxa como potencial turístico do Município;

- Criação de programas para fomento da leitura e incremento do acervo literário nas bibliotecas públicas municipais. 

Santa Rosa (RS), 4 de setembro de 2008 

José Sávio Hermes – Presidente OSCIP – Cidade Interativa

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Cultura


Neste sábado (25), no Salão Comunitário do KM 6, será realizada a X Mostra Cultural das Etnias Coloniais.
Haverá apresentação de calouros, show com o Grupo Madre Paulina, de Crissiumal, premiações e baile de confraternização.
A animação estará por conta da banda Ramal 5.
Ingressos antecipados podem ser adquiridos na Cotrimaio e no Sicredi.


 

sábado, 18 de outubro de 2008

A "pacificação" do Rio Grande do Sul



Veja abaixo fotos de Caco Argemi, da assessoria de imprensa doSindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região, sobre a repressão da Brigada Militar contra grevistas, quinta-feira (16), em frente à agência central do Banrisul, na capital. São imagens que mostram o tipo de "pacificação" que está sendo construída pelos atuais detentores do poder político no Estado:





Tia Yeda e o coronel Mendes

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Notícias da ACI/Sindilojas

A ACI/Sindilojas convida seus associados para reunião na próxima terça-feira, dia 21 de outubro, às 12h30, em sua sede.

Na pauta, discussão e definição do horário especial de abertura do comércio  nas semanas que antecedem o Natal.

Sua presença é muito importante. Participe!

*****************************************************************************************************************

Curso: ANÁLISE E PLANEJAMENTO FINANCEIRO:

Conteúdo Programático:

·        Administração financeira da empresa;

·        Projetar fluxo de caixa;

·        Fatores que influenciam o planejamento;

·        Definição de metas com base nos resultados gerenciais;

·        Conclusões do plano: afinal esse negócio é viável? 

Carga horária: 15 horas.

Data: de 03 a 07 de novembro de 2008.

Horário: das 19:30 às 22 horas

Valor: Sócio R$ 60,00   não sócio R$ 100,00

Local: Auditório da ACI

O Curso será ministrado pelo Consultor do SEBRAE, AUREO AREND.

Mais informações através do telefone d ACI:3535-1338. 

Processo Seletivo

Setrem lança o vestibular 2009

Novamente a Sociedade Educacional Três de Maio (SETREM) inovou no lançamento de sua campanha para o Vestibular 2009. Na última terça-feira, dia 14, oportunizou uma encenação marcante: mostrou o esforço de um jovem para alcançar o sucesso profissional.

Na presença de representantes da imprensa escrita e falada de toda a região, bem como lideranças e autoridades, o protagonista apresentou todas as fases de conquistas de um estudante, da aprovação no vestibular à formatura e conquista de uma vaga no mercado de trabalho. A apresentação deixou claro o mote adotado para campanha do vestibular ‘Diploma não nasce em árvore e sucesso não caí do céu’.

Após a abertura da solenidade, feita pelo diretor geral da Instituição, Flávio Magedanz, foi apresentado, pelo coordenador de comunicação, Carlos Borges, todas as peças publicitárias que serão utilizadas. Um jantar também foi apreciado por todos os presentes.

As inscrições estão abertas e encerram no dia 10 de dezembro. Podem ser efetuadas na instituição de ensino, unidades do Sicredi Noroeste ou no site: www.setrem.com.br/vestibular

O processo seletivo ocorrerá no dia 13 de dezembro, às 14h, no Campus SETREM. Os cursos oferecidos são: Administração (75 vagas), Enfermagem (50 vagas), Engenharia de Produção Agroindustrial (50 vagas), Pedagogia (45 vagas), Psicologia (50 vagas), Sistemas de Informação (40 vagas), Tecnologia em Rede de Computadores (40 vagas) e em breve, Agronomia. 

 

fonte: Fabiane Weydmann/Assessoria de Comunicação

Cultura

Literatura às pampas

O professor Larri Wizniewsky (é assim que se escreve?) comentou em tom bem humorado: “Neste mês de outubro a literatura invadiu Santa Rosa”.

            Pois ele está coberto de razão. Há muito tempo não se via, por estas bandas, tamanha agitação em torno de literatura e coisas afins. Veja só.

            Na última sexta-feira, Luis Antônio de Assis Brasil esteve por aqui palestrando sobre a obra de Machado de Assis. Na última segunda, uma bem sucedida sessão de cinema comentada com a presença do Charles Kiefer. E na próxima semana, o SESC promove oficina literária com o consagrado Alcy Cheuiche.

            Além disso, para a turma aqui de Santa Rosa o momento mais consagrador será o “Resistência” deste sábado à noite, dia 18, no SESC. O evento marcará o lançamento do livro “Da Barranca: Contos de Fronteira”.

            Como já anunciamos por aqui, o livro reúne 27 histórias curtas em que os personagens vivem na nossa região de fronteira. São pescadores, pequenos comerciantes, colonos, chibeiros e assim por diante. O livro tem seu maior mérito justamente nisso, ou seja, colocar na literatura do Rio Grande esses personagens esquecidos.

            É um evento imperdível, com uma turma da pesada se encontrando no SESC. Coloque na sua agenda. É sábado à noite!

 

****************

            A propósito, para os curiosos o filme “Valsa para Bruno Stein” terá sessões neste final de semana no Cinema Municipal.


do blog do Beto Kieling - www.betokieling.wordpress.com 


quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Resistência - cultura e comportamento



SÁBADO, 18 DE OUTUBRO, 20h30min, TEATRO DO SESC – SANTA ROSA

 

                            

         Todas as barrancas do mundo


Lançamento do Livro da Barranca - Contos de Fronteira

Autores: Gilberto Kieling (organizador e instrutor da oficina de literatura), Clairto Martin, Sávio Hermes, Oséias Oliveira, Roque Weschenfelder, Jeferson Hartemink e Luis Artur Hoffmann.

Ilustrações: do Mó e capa de Otávio Siqueira, da Soluty.

Contos ambientados na região costeira ao rio Uruguai.

São 27 histórias de amor, contrabando, pescarias, etc.

 

Música de Adilson Franck

 

 

Apoio Cultural: FECOPEL, YÁZIGI E NACIONAL SUPERMERCADOS

 

Promoção: ArteSesc e Grupo Resistência

Teatro




 “A descoberta das Américas”



Do original de Dario Fo: Johan Padan a la descoverta de le Americhe”, é a outra história da descoberta das Américas, inspirada em fatos reais que ocorreram na Flórida e foram contados pelo cronista Cabeça de Vaca. Mas a história poderia ser bem daqui, da terra brasileira. Acontece que um Zé ninguém chamado Johan, rústico, malandro e fanfarrão, que se vira contando vantagens, sempre em fuga da fogueira da Inquisição, embarca em Sevilha numa das Caravelas de Cristóvão Colombo. No Novo Mundo, o nosso herói sobrevive a um naufrágio; testemunha a matança; aprende a língua dos nativos; é preso, escravizado e quase engolido pelos índios antropófagos. Safa-se fazendo “milagres” com alguma técnica e uma boa dose de sorte. Venerado como Filho da Lua, ele treina, catequiza e guia os índios num exército de libertação que acaba caçando os espanhóis invasores. Texto original: Dario Fo. Tradução e adaptação: Alessandra Vannucci e Julio Adrião. Direção: Alessandra Vannucci. Atuação: Julio Adrião.

 

SANTA ROSA

QUANDO: SEGUNDA-FEIRA 20 de outubro, às 20h

ONDE: Teatro do Sesc (Av. Concórdia, 114)

INGRESSO: R$ 5,00 comerciários/estudantes

                   R$ 8,00 empresários

                   R$ 10,00 comunidade em geral


Curtas

VI Troféu Omar será nesta quinta-feira

O Troféu Omar é um festival de curtas-metragens organizado há sete anos pelo Grêmio Estudantil SETREM – GESE, com o apoio SETREM – Sociedade Educacional Três de Maio.

Buscando incentivar a interdisciplinaridade, o uso da criatividade, o hábito da pesquisa e a cooperação entre os estudantes, o prêmio recria o ambiente de um festival de filmes, fator que serve de incentivo para que o estudante busque aprimorar as suas técnicas de filmagem, escrita voltada à área cinematográfica e edição dos filmes. 

A edição de 2008 conta com a participação de seis filmes oriundos de instituições de ensino do município.

A entrega da premiação ocorrerá amanhã (16), às 20h, na Câmara Municipal de Vereadores de Três de Maio.

 

Indicados Troféu Omar

 

Melhor Ator:

Vitor Hugo Bigolin – Mão da Morte;

 

Melhor Ator Coadjuvante:

André Zamberlan – Mão da Morte;

Antony – O Piripaque da Vida Moderna;

Tiago André Bortoluzzi – Um dia Para Recordar;

 

Melhor Atriz:

Adeline – Direito dos Filhos;

Rejane – O Piripaque da Vida Moderna;

Rúbea Centenaro – Mão da Morte;

 

Melhor Atriz Coadjuvante:

Jéssica – Direito dos Filhos;

Kaway M. de Freitas – Um Dia para Recordar;

Talita – O Piripaque da Vida Moderna;

 

Melhor Figurino:

Direito dos Filhos;

O Piripaque da Vida Moderna;

Um dia Para Recordar;

 

Melhor Roteiro:

Direito dos Filhos;

O Piripaque da Vida Moderna;

Um dia Para Recordar;

 

Melhores Efeitos Especiais:

Direito dos Filhos;

Mão da Morte;

Um Dia para Recordar;

 

Melhor Trilha Sonora:

AABB Comunidade Fazendo o Bem pela Cidade;

Mão da Morte;

Um Dia Para Recordar;

 

Melhor Filme:

Direito dos Filhos;

O Piripaque da Vida Moderna;

Um dia Para Recordar;

terça-feira, 14 de outubro de 2008

TV Record contrata Azenha e Dornelles

do site www.comunique-se.com.br

Luiz Carlos Azenha e Carlos Dornelles acabam de fechar acordo com a Rede Record para fazer parte da equipe de jornalismo da emissora. A assessoria do canal confirmou a contratação, embora não possa dar detalhes sobre o que está reservado para cada um deles.

Azenha, que está em Washington (EUA), pode voltar ao País para trabalhar por aqui ou atuar como correspondente.

Dornelles deixa a TV Globo para trabalhar como repórter especial, permanecendo no Brasil.

As negociações foram fechadas nesta segunda-feira (13/10).

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

STF pode derrubar exigência de diploma para jornalista


O Supremo Tribunal Federal (STF) pode derrubar, ainda neste semestre, a obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício da profissão. Segundo matéria do site Congresso em Foco, dos 11 ministros que julgarão o recurso extraordinário do Ministério Público Federal que questiona a regulamentação profissional da categoria, seis já se manifestaram de alguma forma contra a exigência de formação específica em jornalismo. A reportagem chama atenção para o fato de que alguns ministros já terem sinalizado, nos bastidores ou em decisões anteriores, sua posição sobre o tema. Um deles é o próprio presidente do STF, Gilmar Mendes, relator do caso.

Em 2006, uma medida cautelar relatada por Mendes, na 2ª Turma do Supremo, permitiu que pessoas sem diploma continuassem a exercer o jornalismo. Os ministros Cezar Peluso, Celso de Mello e Joaquim Barbosa referendaram a posição de Gilmar. Eros Grau e Ricardo Lewandowski não participaram da análise do recurso, mas declararam que não se deveria exigir formação específica para jornalistas, já que, na opinião deles,  exercício profissional não dependeria de conhecimentos específicos.


A matéria lembra que a possibilidade de derrubada da obrigatoriedade do diploma de jornalista não se restringe à ação do Judiciário. Propostas vindas do Executivo e do Legislativo também apresentam mecanismos de flexibilização da exigência de graduação específica para a área. O recurso está pronto para entrar na pauta.


Pesquisa de opinião realizada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj)/Sensus revelou que 74,3% dos dois mil entrevistados em território nacional disseram ser a favor do diploma, contra 13,9% que defendem a atuação jornalística sem o documento. O presidente da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo, prometeu entregar cópias da pesquisa aos 11 ministros do STF.


fonte: www.coletiva.net

 segunda-feira / 13 de outubro de 2009 / 19h27

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Pra rir!...

OS DEZ MANDAMENTOS do Médico do SUS, enviados pelo considerado Mário Lúcio Marinho:

1- Se você não sabe o que tem, dê VOLTAREN;

2- Se você não sabe o que viu, dê BENZETACIL;

3- Apertou a barriga e fez 'Âhn', dê BUSCOPAN;

4- Caiu e passou mal, dê GARDENAL;

5- Tá com uma dor bem grandona? Dê DIPIRONA;

6- Se você não sabe o que é bom, dê DECADRON;

7- Vomitou tudo o que ingeriu, dê PLASIL;

8- Se a pressão subiu, dê CAPTOPRIL;

9- Se a pressão deu mais uma grande subida,  dê FUROSEMIDA!

10- Chegou morrendo de choro, passe um SORO.

E mais:

Arritmia doidona, dê AMIODARONA....

Pelo não, pelo sim, dê ROCEFIN

'NÃO ESQUECENDO QUE O DIAGNÓSTICO É QUASE SEMPRE VIROSE'... 


fonte: Moacir Japiassu / Comunique-se www.comunique-se.com.br

Tortura nunca mais!


Sai a primeira sentença que reconhece um torturador

Em sentença proferida pela primeira vez no Brasil pós-golpe de 1964 e depois de 21 anos de ditadura militar, a Justiça reconheceu que um oficial das Forças Armadas foi torturador. O coronel reformado do Exército, Carlos Alberto Brilhante Ulstra (foto ao lado), foi responsável pela tortura sofrida pela família Teles, reconheceu o juiz Gustavo Santini, da 23ª Vara Civil da Capital paulista. 

O juiz expediu sentença em que julga procedente o pedido de declaração de responsabilidade de Ulstra pela tortura dos ex-presos políticos Maria Amélia de Almeida Teles, César Augusto Teles e Criméia Schmidt de Almeida, que sofreram os abusos no DOI-Codi paulista, na década de 1970, época em que o órgão de repressão era comandado no Estado pelo coronel Ulstra. 

Eu entendo que quando se comemora 40 anos de 1968 e se recorda aquele ano, uma das formas é resgatar não só a memória dos que lutaram contra a ditadura, como não deixar impunes os que praticaram crimes contra a humanidade em nome do Estado, como foi o caso do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra e de tantos outros.

Decisão não deixa dúvidas quanto a responsabilidade


É triste e revoltante lembrar que quando os estudantes lutavam nas ruas e nas faculdades contra o regime militar, a tortura e o assassinato político de opositores já estava sacramentada pelos ditadores de plantão.

A Operação Bandeirantes (OBAN) - um nome sugestivo -  já era uma realidade, uma triste realidade a funcionar com apoio e cobertura de  empresários, políticos e donos de meios de comunicação. Ela foi a semente dos DOI-CODI, (Departamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna), que  a sucederam já dentro das estruturas dos Estado-Maiores das Forças Armadas, em cada Exército, como eram chamados, então, os seis atuais comandos militares regionais.

A decisão da Justiça reconhecendo a participação do Coronel Ulstra em torturas é clara. "Não é crível que os presos ouvissem os gritos dos torturados, mas não o réu [Ulstra]. Se não o dolo, por condescendência criminosa, ficou caracterizada pelo menos a culpa, por omissão quanto à grave violação dos direitos humanos fundamentais dos autores”, destaca o juiz que proferiu a corajosa sentença.

"Eu gostaria que meu sofrimento fosse reconhecido, mas, diante de todas as dificuldades que temos em relação a esse tema, e, por essa decisão ser inédita, me sinto vitoriosa. Essa decisão significa um grande avanço", afirma Janaína Teles que, junto com o irmão, Edson Luiz, movem a ação contra Ulstra pela tortura infringida a seus pais.

A decisão judicial, ainda que não leve a uma punição, é um avanço extraordinário na luta pela punição dos torturadores e daqueles que violaram os direitos humanos em nome do Estado.

fonte: www.zedirceu.com.br


Roberto Gerhardt expõe em Santa Maria

O designer gráfico horizontinense ROBERTO GERHARDT expõe suas obras em Santa Maria, na Cesma.
A abertura ocorrerá nesta segunda (13) e segue até 8 de novembro.
Três de Maio também terá o privilégio de receber a exposição. Será na Setrem em data que será confirmada nos próximos dias.


quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Celulares e Câncer

Por que não abrir o jogo?

Por Alberto Dines em 7/10/2008 do OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br

Está na capa da edição corrente da revista The Economist (27/9) exatamente nestes termos: "Celulares e câncer". Nas páginas internas, o texto intitulado "Loucura móvel" descreve a confusão em torno de um estudo multinacional que demorou seis anos para ser completado e custou 30 milhões de dólares.

Erros metodológicos atrasaram a montagem das conclusões e persiste a controvérsia. Aqueles que não acreditam nos efeitos perniciosos das irradiações eletromagnéticas já prepararam uma manchete: "Celulares não produzem tumor cerebral". O grupo adversário vai contra-atacar: "Uso intenso de celular aumenta o risco de tumores benignos".

Enquanto a controvérsia não é esclarecida, uma publicação responsável como aEconomist não se omite e sente-se no dever de alertar o distinto público para a possibilidade de uma grave ameaça à saúde.

No verão setentrional, outro semanário – o francês L´Express – foi mais candente e mais longe em reportagem com 12 páginas e enorme chamada na capa: "Enquete sobre os verdadeiros perigos dos [telefones] portáteis" (17-23 de julho, 2008).

Quantas matérias têm sido publicadas no Brasil sobre o assunto?

Papel impresso

A resposta pode ser obtida por via indireta através de outra pergunta: "Qual é o produto eletrônico mais anunciado na mídia?". A indústria jornalística brasileira, como sempre, adota a tática do avestruz: omite-se e enfia a cabeça na areia. Prefere suprimir o debate, na esperança de que os malefícios causados pelo celular sejam desmentidos, do que oferecer às suas audiências um mínimo de informações.

Mesmo embargada pela mídia, a polêmica sobre a eventual periculosidade dos celulares corre solta nas reuniões de condomínio dos edifícios mais altos dos grandes centros urbanos. As operadoras de telefonia móvel, empenhadíssimas em ampliar o número de antenas, oferecem um bom retorno em troca de um pequeno espaço nos terraços para instalá-las.

De olho no equilíbrio das contas, os síndicos são os primeiros a abraçar a idéia. Convocadas a opinar pelas assembléias de moradores, as empresas que assessoram os condomínios não têm outra alternativa senão oferecer algum tipo de subsídio informativo a respeito da suposta periculosidade dos celulares. Estes subsídios vêm da internet, geralmente em língua estrangeira. Ou de moradores – médicos, físicos ou engenheiros eletrônicos.

Suicídio 1: para preservar o faturamento publicitário, nossa mídia foge ostensivamente da sua obrigação elementar – alertar e esclarecer.

Suicídio 2: antes que se esclareça a questão com pesquisas científicas confiáveis, a mídia resolveu apostar no celular como jornal-de-bolso, substituto da mídia impressa.

Papel impresso pode sujar as mãos, mas jamais foi denunciado como causador de doenças.

Do blog: www.dialogico.blogspot.com

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Charles Kiefer em Santa Rosa dia 13


Que Charles Kiefer, um dos principais nomes da literatura gaúcha atual, possui e mantém uma estreita ligação com Santa Rosa, não há dúvida. Sempre que pode faz referência à cidade e a alguns amigos como o professor e também escritor Gilberto Kieling. E sempre que pode vem ao município promover alguma interação, alguma palestra, oficina ou mesmo a passeio. E nesta relação afetuosa que criou, consta em sua agenda um compromisso no dia 13 de outubro, uma segunda-feira, quando falará a estudantes, artistas, professores e comunidade, no palco do Centro Cívico. O ingresso será gratuito. Marque presença neste evento.

Natural de Três de Maio, Charles Kiefer mora há quase três décadas em Porto Alegre, onde radicou-se, é professor universitário e mantém oficinas constantes de formação de novos escritores. Prêmio a este trabalho e à qualidade de sua obra, foi confirmado neste mês de setembro como o Patrono da Feira do Livro 2008, que acontecerá em novembro, em Porto Alegre, considerado um dos principais eventos culturais do país.

Doutor em Letras, possui inúmeros livros publicados, já venceu três vezes o Prêmio Jabuti (o principal da literatura nacional), possui traduções no exterior e passou recentemente ao selo da Editora Record, com projeção nacional. Em função disso, a maioria dos seus livros ganhou ou ainda ganhará nova tiragem. “Caminhando na chuva” seu livro de estréia, já vendeu mais de 100 mil exemplares.

A literatura de Charles Kiefer está impregnada dos elementos regionais. Ele é um dos nomes mais expressivos a situar o agricultor, o colono desta região na literatura gaúcha. Assim como Caminhando na Chuva, O Pêndulo do Relógio, A Face do Abismo e Quem faz Gemer a Terra e outros livros exploram esta relação do minifúndio, suas crises e o homem neste contexto.

A vinda de Charles Kiefer a Santa Rosa neste dia 13 de outubro, intermediada pelo diretório acadêmico da Unijuí e por Gilberto Kieling, é para lançar o filme “Valsa para Bruno Stein”. Baseado em seu romance homônimo, estrelado por Walmor Chagas e Ingra Liberato, e dirigido por Paulo Nascimento, o fime tem duração de 95 minutos e faz parte também desta primeira etapa da obra de Charles, ambientada em Pau D´arco (a cidade imaginária).

Charles Kiefer e Paulo Nascimento estarão em Santa Rosa na noite do dia 13 de outubro, para sessão do filme e discussão com estudantes e interessados. O encontro é uma oportunidade ímpar para quem gosta de cultura e trata-se de um pedido pessoal do escritor de fazer esta sessão aqui no município, praticamente sem custos aos organizadores. É outra das muitas demonstrações de afeto do autor com a cidade que o acolheu no final dos anos 70, quando trabalhou no Jornal Noroeste e na ACISAP e esteve fortemente envolvido com a produção literária. 

fonte: Clairton Martin - Jornal Noroeste

sábado, 4 de outubro de 2008

100 anos sem Machado


Mostra literária em homenagem aos 100 anos de morte de um dos maiores nomes de Literatura Brasileira: Machado de Assis.

Em Santa Rosa: de 03 a 10 de outubro

Local: SESC [Rua Concórdia, 114]

Horário: 9h às 19h
 

Literatura / Machado de Assis


ArteSesc - Cultura por toda a parte

No SESC de Santa Rosa - na próxima sexta-feira - dia 10 de outubro - 19 horas


Machado de Assis: As idades do homem em Machado

Debate temático sobre questões atuais de literatura-brasileira que reunirão importantes nomes da literatura rio-grandense. 

Com Antonio Sanseverino e Luiz Antonio Assis Brasil.
Mediação de Larry Wizniewsky.

Entrada franca!!!!

As notícias mais censuradas de 2007/2008


A morte de 1,2 milhões de civis no Iraque, por tropas norte-americanas, desde que começou a invasão há cinco anos, é o tema que encabeça o ranking anual das 25 notícias mais ocultadas pela grande imprensa dos Estados Unidos e do mundo nos anos de 2007 e 2008, segundo o informe “Censored 2009”, do Projeto Censored, da Universidade de Sonoma, na Califórnia, que é publicado todos os anos pela editora Seven Stories, de Nova York. As matanças do Iraque se comparam a algumas dos piores massacres ocorridos no século passado, como os que ocorreram em Ruanda e no Camboja.

Todos os anos, a Universidade de Sonoma realiza uma pesquisa, relacionando as 25 notícias mais censuradas pela mídia corporativa no período. Depoimento de veteranos que lutaram no Iraque e a morte de 1,2 milhões de civis naquele país encontram-se entre as noticias mais censuradas do mundo pela própria imprensa. A reinstalação da Escola das Américas, órgão do Comando Sul das Forças Armadas dos EUA, agora em El Salvador e que ensina estranhas matérias como tortura, sabotagem, atentados a oleodutos, gasodutos e hidroelétricas, foi outra noticia extremamente censurada. O estudo questiona como pode ser que, por uma estranha coincidência, a mídia de todos os países do mundo, censura quase com exata precisão, algumas determinadas noticias.

Além das 25 histórias mais censuradas, o estudo em forma de livro, dirigido pelo sociólogo Peter Phillips, aponta outros 14 temas que merecem “menção honrosa”, traz trabalhos acadêmicos sobre a situação do jornalismo, novas visões sobre o mapa da grande concentração de propriedade midiática e sobre a situação da liberdade de expressão nos EUA e no mundo. Além disso, relaciona a atividade das organizações da sociedade civil que lutam pela democratização dos meios de comunicação. Para ver o ranking das 25 notícias mais censuradas no mundo, clique
AQUI.

fonte: www.rsurgente.net

Bailout

Do Blog da Célula - www.sitedacelula.com.br



Essa foi feita pela revista MAD americana para tirar um sarro da quebradeira em Wall Street. Na foto aparece o secretário do tesouro americano, Henry Paulson, em uma situação não muito confortável, sendo uma ótima idéia em cima da clássica capa do álbum Nevermind do NIRVANA e da canção símbolo da banda. O título poderia ser traduzido como: Salvar de dificuldade financeira- Cheira como espírito de ganância(Bailout- Smells Like Gredd Spirit). Tomara que o Guido Mantega não sofra a mesma paródia.