segunda-feira, 11 de junho de 2012

Bancarios querem o fim do assedio moral

Sindicatos Missioneiros questionam Superintendência do BB


Dirigentes dos Sindicatos de Santa Rosa, Ijuí, Santo Ângelo, Frederico Westphalen e São Luiz Gonzaga reuniram-se na manhã desta segunda-feira com o superintendente regional do Banco do Brasil, Vilson Ames, para debater sobre condições de trabalho. A reunião também contou com a participação do gerente geral da agência do BB de Santa Rosa, Antonio Tambara. O objetivo do encontro foi debater problemas enfrentados pelos funcionários nas agências do banco na região das Missões.

Os dirigentes sindicais relataram aos representantes do BB uma série de denúncias feitas por funcionários. “Queremos abrir um espaço de diálogo com a Superintendência do Banco do Brasil a fim de superar os problemas existentes como os casos de assédio moral e de cobrança excessiva de metas”, explica o diretor do Sindicato dos Bancários de Santa Rosa, Paulo Schmidt.

O superintendente se comprometeu de reunir suas administrações para relatar a situações denunciadas, para estabelecer novos parâmetros para a gestão de pessoal, baseados no respeito às relações de trabalho.

No fim do encontro, os sindicalistas entregaram um documento ao superintendente regional, para registrar as denúncias feitas e as reivindicações das entidades sindicais.

Um comentário:

Assediados disse...

Conheça e faça parte do blog “Assediados”.
www.assediados.com
Um espaço onde vítimas de assédio ou dano moral podem relatar suas histórias, compartilhar experiências, e buscar caminhos para tornar o ambiente de trabalho um espaço seguro, onde seres humanos sejam tratados com o respeito e a dignidade que merecem. Um espaço onde você encontrará informações atualizadas sobre Assédio Moral no trabalho.
"Sofrimento é passageiro, desistir é para sempre"